Cultura | 21-08-2017 11:40

Actividades científicas no Centro Ciência Viva do Alviela

Actividades científicas no Centro Ciência Viva do Alviela
ALCANENA

A iniciativa inclui acções de observação de aves, astronomia na praia, geologia do Maciço Calcário Estremenho e as Noites dos Morcegos.

Estão abertas as inscrições para a edição da Ciência Viva no Verão em Rede 2017, um programa de divulgação científica com várias de ações de divulgação de ciência e tecnologia em todo o país, para todos os públicos, até 15 de setembro. O Centro Ciência Viva do Alviela – Carsoscópio propõe 27 atividades diferentes nas áreas da biologia, geologia, astronomia e engenharia, com visitas a lagoas, nascentes, grutas, termas e estações de tratamento de águas residuais. A iniciativa inclui ainda acções de observação de aves, astronomia na praia, geologia do Maciço Calcário Estremenho e as Noites dos Morcegos.

A Ciência Viva no Verão é promovida há mais de 20 anos pela Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, em colaboração com mais de uma centena de instituições científicas, Centros Ciência Viva, associações, autarquias e empresas, e conta com ações de astronomia, biologia, geologia, faróis, engenharia e castelos, realizadas em todo o país. A inscrição nestas ações é obrigatória, devendo ser efetuada em: www.cienciaviva.pt. Para já, no dia 25 de Agosto há noite dos morcegos e no dia 26 de Agosto realiza-se a acção “Sal com 200 milhões de anos”. "Lagoas do Arrimal de canoa" é a proposta do Ciência Viva para dia 2 de Setembro.

Estas iniciativas contam com as parcerias de SPE – Sociedade Portuguesa de Espeleologia; SPB - Sociedade Portuguesa de Botânica; Ad Astra; AARC – Associação de Arqueologia da Região de Casével; AVS – Amigos da Vida Selvagem; NOSTRUM – Associação de Defesa do Património Ambiental; FAPAS – Fundo para a Proteção dos Animais Selvagens; 30POR1LINHA; Águas do Tejo Atlântico.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo