Cultura | 18-12-2017 11:36

Museu do Neo-Realismo é um sucesso

Museu do Neo-Realismo é um sucesso

Em exposição até 30 de Setembro de 2018, “Miúdos, a vida às mãos cheias".

Um equipamento cultural de sucesso. Foi assim que o museu de Neo-Realismo foi descrito pelo presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita (PS),na inauguração de mais uma exposição, no dia 14 de Dezembro. “Miúdos, a vida às mãos cheias. A infância do Neo-Realismo português”, é a segunda exposição inaugurada pelo museu, no espaço de uma semana. “É um feito assinalável e demonstra bem o sucesso deste equipamento”, congratulou o autarca.

Num discurso breve, Alberto Mesquita, acompanhado da vereadora Manuela Ralha, deu ênfase à aposta da autarquia na Cultura, onde se enquadra o apoio ao museu,e anunciou duas novas medidas para o próximo ano: a reabilitação do celeiro patriarcal de Vila Franca de Xira e a instalação de um núcleo museológico na praça de Touros Palha Blanco.

A inauguração contou também com a presença do vereador Mário Calado (CDU) e do fotojornalista Eduardo Gageiro e terminou com uma visita guiada pela exposição, liderada pelas curadoras Carina Infante do Carmo e Violante Magalhães.

Em exposição até 30 de Setembro de 2018, “Miúdos, a vida às mãos cheias. A infância do Neo-Realista”, pretende dar a conhecer um olhar diferente sobre a infância entre os anos 30 e 60 e a vivência numa sociedade desigual, amarrada pela ditadura salazarista. Além das várias fotografias, ilustrações, livros e brinquedos, os visitantes vão poder aproveitar vários colóquios que se vão realizar paralelamente à exposição. “É uma exposição que não se pode ver só uma vez, exige um segundo olhar, uma segunda volta”, explicou António Pedro Pita, director do museu do Neo-Realismo.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Médio Tejo