Cultura | 14-05-2018 16:24

Salvador Sobral, Sara Tavares e Dead Combo nos Bons Sons

Salvador Sobral, Sara Tavares e Dead Combo nos Bons Sons
CEM SOLDOS
Foto O MIRANTE

Festival vai decorrer de 9 a 12 de Agosto e já tem cartaz alinhado.

Salvador Sobral, Sara Tavares, Dead Combo e Primeira Dama são alguns dos nomes da música portuguesa que integram o cartaz do festival Bons Sons, que em Agosto transforma a aldeia de Cem Soldos, com um recinto renovado com novos palcos e pagamentos com pulseira, anunciou a organização.

Quatro dias de música, exposições, feiras culturais e ciclos de cinema marcam o programa do festival que, de 9 a 12 de Agosto, converte toda a aldeia de Cem Soldos, em Tomar, no recinto do evento, que “nesta edição vive o ano da mudança”, disse Luís Ferreira, da organização do Bons Sons.

O festival apresentado no dia 27 de Abril à comunicação social surge com novidades no recinto e na forma como os participantes que vão rumar à aldeia serão recebidos nos oito palcos por onde passarão cerca de meia centena de concertos de música portuguesa.

Salvador Sobral, Selma Uamusse, Mazgani, Sara Tavares, Sean Riley & The Slowriders, Cais Sodré Funk Connection, Dead Combo, Lena D'Água e Primeira Dama com Banda Xita são as propostas reveladas para o palco Lopes Graça, no largo da aldeia.

No festival, que se assume como “um amor de Verão”, este ano mudam de nome o Palco Eira e o Palco ao Sol. A primeira passa para um “terreno mais intimista” e a denominar-se palco Zeca Afonso, para receber nomes como The Lemon Lovers, Slow J, 10.000 Russos, Mirror People, Zeca Medeiros, Paus, Peltzer e Linda Martini.

O segundo passa a chamar-se Amália, homenageando a mais emblemática fadista portuguesa e passando a receber concertos também à noite. Nesta edição actuam naquele espaço Norberto Lobo, João Afonso, Miguel Calhaz, Ela Vaz, Motion Trio, Moonshiners, Fado Violado e o espectáculo “Tia Graça – Toda a gente devia ter uma”.

No palco Giacometti, a relação de intimidade com o público celebra-se nesta edição com Lince, Jerónimo, S. Pedro, Tomara, O Gajo, Quartoquarto, Monday e Luis Severo.

Palankalama, Patrícia Costa e Meta são as propostas para o palco Música Portuguesa a Gostar dela Própria, espaço onde cabem ainda as actuações de Vozes de Manhouce, Homem em Catarse, Artesãos da Música, Orquestra de Foles e Douradas Espigas.

Noite dentro a música vive-se em Cem Soldos no palco Aguardela, com DJ como António Bastos, Conan Osiris, Colorau Som Sistema e Xinobi.

Os ingressos para o festival podem ser adquiridos até Julho ao preço de 40 euros pelo passe de quatro dias (com campismo incluído) e de 20 euros pelo bilhete diário. Em Agosto os valores aumentam, para 45 e 25 euros, respectivamente.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo