Cultura | 10-09-2018

Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

1 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

Frederico Cunha e Fernando A. Salgueiro homenageados

2 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

João Moura

3 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

João Madeira dos Amadores de Évora

4 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

Pablo Hermoso de Mendoza

5 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

João Machacaz dos Amadores de Alcochete

6 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

Rui Fernandes

7 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

Diniz Caeiro dos Amadores de Évora

8 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

O Toiro "Vaidoso"

9 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

João Moura

10 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

João Cabral da Câmara com ajuda de João Rei

11 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

Pablo Hermoso de Mendoza

12 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

João Pedro Oliveira dos Amadores de Évora

13 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

Rui Fernandes

14 / 14
Mais uma noite de triunfos no Campo Pequeno

Nuno Santana dos Amadores de Alcochete

João Moura e Pablo Hermoso de Mendoza, dois Catedráticos do Toureio equestre, apresentaram-se em noite de triunfal inspiração no Campo Pequeno.

João Moura e Pablo Hermoso de Mendoza, dois Catedráticos do Toureio equestre, apresentaram-se em noite de triunfal inspiração no Campo Pequeno. Com casa cheia na corrida de toiros que teve lugar na noite da passada quinta-feira, dia 6, em que completaram o cartaz Rui Fernandes e os grupos de forcados amadores de Évora e de Alcochete. Saíram à liça capitalina seis bem apresentados toiros da ganaderia eborense dos Herdeiros de António Coelho Charrua, que tiveram na generalidade mobilidade, mas alguns a bater forte na hora das pegas.

João Moura levou a cabo uma lide em crescendo, frente ao primeiro astado que saiu algo reservado de início e foi crescendo ao longo da lide. A pega de caras foi executada por João Madeira. Frente ao 4º da ordem, de nome “Vaidoso”, um toiro bravo que João Moura aproveitou nos cites frontais, de largo, culminando com os ferros no alto do morrilho. João Cabral da Câmara, fechou-se à córnea com uma enorme 1ª ajuda de João Rei.

Pablo Hermoso de Mendoza um figurão do toureio mundial, veio a Lisboa para rubricar mais uma noite de glória. A forma airosa como conduziu as lides, colocando os oponentes nos terrenos adequados para colocar ferragem impactante, elevando as bancadas ao rubro. Pegaram o 2º e 5º toiros da ordem João Cabral da Câmara e João Pedro Oliveira.

Rui Fernandes em noite festiva de comemoração do 20º aniversário de alternativa, resolveu com solvência este compromisso, sendo muito aplaudido. Diniz Caeiro e Nuno Santana, efectuaram de caras, a 3ª e 6ª pega.

Manuel Gama dirigiu com acerto, a corrida.

Nota: Quis a empresa do Campo Pequeno distinguir os cavaleiros Fernando Andrade Salgueiro, Frederico Cunha, Vitor Ribeiro (pai), e a título póstumo Gustavo Zenkl e Francisco Azarujinha, que há cinquenta anos atrás receberam a alternativa.

Texto e fotos de Henrique de Carvalho Dias

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo