Desporto | 26-02-2008 09:21

Votação do Novo Regime Jurídico das Federações Desportivas adiado para Março

O Plenário do Conselho Nacional do Desporto (CND) decidiu adiar para Março a votação da proposta sobre o novo Regime Jurídico das Federações Desportivas, mas o Governo "não abdica dos princípios básicos" do diploma.No final do encontro realizado no Centro Cultural de Belém, o presidente do Conselho do Sistema Desportivo explicou que o documento será votado numa reunião a realizar "provavelmente em Março", sendo antecedido de outra reunião da secção. Ernesto Ferreira da Silva disse que o Governo "não abdica dos princípios básicos que definiu para o diploma", o que significa que mantém a proposta de representatividade da Assembleia Geral, que retira às associações distritais a maioria dos votos (de 55 para 35 por cento). Uma situação que foi discutida no Fórum do Futebol que aconteceu em Santarém, e onde a proposta do Governo foi recusada por unanimidade.Na outra secção do CND, o Conselho para a Ética e a Segurança no Desporto, "ficou fechada" a discussão dos diplomas que prevêm a criminalização do tráfico de doping e a prevenção da violência, racismo, xenofobia e intolerância no desporto.As propostas de diplomas foram votadas "sem votos contra, com algumas recomendações", disse à Agência Lusa uma fonte.A proposta do Governo sobre a Luta Contra a Dopagem no Desporto criminaliza o tráfico de produtos dopantes, enquanto o diploma sobre a violência no desporto previa a realização de jogos à porta fechada caso as claques dos cluques não estejam legalizadas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo