Desporto | 10-07-2008 09:29

CD Fátima apela a decisão sobre processo “Apito Dourado” que envolve Gondomar e Vizela

O presidente do Centro Desportivo de Fátima, Luís Albuquerque, apelou a uma decisão sobre o processo Apito Dourado e que envolve Gondomar e Vizela, clubes da Liga de Honra de futebol. “Nós sabemos que descemos dentro do campo. Só queremos que decidam e nos digam onde vamos jogar”, disse o presidente do CD Fátima, que no ano de estreia na Liga de Honra terminou o campeonato no 16º e último lugar, acrescentando estar “a estudar a possibilidade de interpelar a Federação Portuguesa de Futebol (FPF)”.Luís Albuquerque lamentou a demora na decisão do processo que envolve o Gondomar, investigado por factos em 22 jogos, e o Vizela, com um, clubes que são suspeitos de manipulação de resultados na época 2003/04, altura em que estavam sob alçada disciplinar da FPF. O processo já resultou no castigo de 26 árbitros, incluindo o juiz de primeiro escalão Rui Silva, suspenso por 20 meses, por falsificação de relatório. “Para os árbitros julgaram-se competentes, mas para os clubes não”, frisou o presidente do CD Fátima, reiterando que um dos árbitros “era do primeiro escalão” e apelando a que “digam de uma vez por todas quem tem competência para julgar isto”.A 18 de Junho, a Comissão Disciplinar da Liga de clubes devolveu os processos do Gondomar e do Vizela para o Conselho de Disciplina (CD) da FPF por considerar-se "incompetente" para julgar o caso.Antes, a 09 de Junho, o CD da FPF tinha decidido enviar para o órgão disciplinar da Liga o processo dos dois clubes, por estes estarem actualmente a actuar na Liga de Honra, apesar de os factos remontarem a 2003/04, época em que alinhavam na II Divisão.“Onde pára o processo”, questionou Luís Albuquerque, realçando: “Só ouço falar no Apito Final e nos processos do Boavista e do Paços de Ferreira, mas a Liga de Honra continua com um processo a decorrer e parece-me que não há condições para a homologação das classificações”.Apesar de reconhecer que até ao início do campeonato ainda “há tempo para uma decisão”, Luís Albuquerque, que recordou que o CD Fátima foi convidado para o sorteio da Liga de Honra e posteriormente informado que “era engano”, lamentou que a decisão esteja a ser “adiada”.Caso Gondomar e Vizela, que esta época garantiram a manutenção na Liga de Honra, sejam despromovidas administrativamente, o CD Fátima e o Penafiel, último e penúltimo classificados, respectivamente, asseguram presença na competição.Sporting empresta Luís Paez e André Santos O Sporting vai emprestar o avançado paraguaio Luís Paez e o médio André Santos ao CD Fátima, da II Divisão nacional de futebol, que garantiu ainda a contratação em definitivo aos "leões" do defesa Tiago Pedrosa, anunciou o clube.Em comunicado, o CD Fátima anunciou as contratações dos três ex-juniores sportinguistas, do defesa Nivaldo (ex-Caniçal) e do médio Vasco Varão (ex-Olivais e Moscavide) e as renovações com o médio Jorge Neves e o defesa Índio.O clube do distrito de Santarém já tinha consumado as aquisições do guarda-redes Hugo Pinheiro (ex-Caldas), e dos médios Telmo (ex-Pinhalnovense) e Eldon (ex-Caniçal), tendo promovido os ex-juniores Hugo Alegre, Fábio, Russo e Quim.Com um orçamento de 200 mil euros, o CD Fátima renovou também com o guarda-redes Nené, os defesas Veríssimo, Duarte Machado e Samuel, os médios João Fonseca e Miguel Neves e o avançado Dércio, que esteve emprestado ao Vilarense. O CD Fátima, que acrescenta faltarem três jogadores para completar o plantel, fará a apresentação oficial na próxima segunda-feira (18:00), no Estádio Municipal de Fátima.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo