Desporto | 10-07-2008 15:04

Sílvia Costa e Ricardo Abreu vencem V Grande Prémio “Corrida do Almonda”

Cinco centenas de atletas encheram de cor e alegria os nove mil metros de ruas na disputa da quinta edição do Grande Prémio de Atletismo Cidade de Torres Novas “Corrida do Almonda”. A prova principal foi ganha por Ricardo Abreu e Sílvia Costa, dois atletas que, este ano, têm mantido um excelente nível de forma.

Ricardo Abreu, a representar o Grupo Desportivo do Estreito, e Sílvia Costa, da União Desportiva e Recreativa da Zona Alta de Torres Novas (UDRZA), foram os vencedores do V Grande Prémio de Atletismo Cidade de Torres Novas “Corrida do Almonda”, que se realizou na manhã de domingo, 6 de Julho, em Torres Novas. A prova que contou com a presença de mais de 500 atletas, foi organizada pela câmara municipal, e constituiu mais um excelente exemplo de organização que esteve a cargo da UDRZA.Disputada num percurso com partida da Avenida Dr. João Martins Azevedo e chegada ao bonito cenário do Jardim das Rosas. Um percurso com nove mil metros, que evitou a passagem pelas ruas centrais da cidade e cativou todos atletas e acompanhantes, que coloriram e deram vida matinal a um cenário encantador.A prova teve um sector masculino muito disputado. A meio dos 9.000 metros da corrida seguia destacado na frente um grupo de oito atletas, que incluía a maioria dos favoritos. Com o andar do tempo o grupo foi perdendo algum fulgor e alguns dos atletas foram ficando para trás.Quando faltavam cerca de três quilómetros para o final, Ricardo Abreu, que se mostrou em muito boa forma, resolveu esticar e deixou a maioria dos seus companheiros para trás. Nuno Pereira, do Clube de Atletismo da Barreira e Bruno Paixão, do Atlético Clube de Portalegre, foram os únicos que o acompanharam. A cerca de um quilómetro do fim Ricardo Abreu, usou a sua velocidade terminal e ganhou alguma vantagem que soube gerir até ao final. Nuno Pereira e Bruno Paixão preencheram os outros dois lugares do pódio. Nelson Silva, que tem dominado as últimas provas disputadas na região desta vez não foi além do quarto lugar.No final, Ricardo Abreu elogiou o percurso da prova e a sua organização, e explicou porque corre agora pelo Estreito. “Corro por prazer. Faço as provas que entendo, não tenho pressão alguma do clube, sinto-me muito mais livre para escolher as provas em que quero competir. Gosto de correr em Torres Novas, o percurso tem muitas subidas e descidas, é ao meu jeito e assim deu para vencer”, disse satisfeito o atleta, que fez questão de realçar a boa organização da prova e a excelência do percurso, e garantir que está a tentar melhorar os seus tempos nos 10 mil metros, “que já estão muito perto dos melhores portugueses”, para ver se consegue chamar a atenção para outros voos.No sector feminino, a vitória de Sílvia Costa, do Zona Alta, foi mais fácil. A atleta vencedora fugiu cedo às suas mais directas adversárias e fez uma corrida completamente à parte. Venceu com grande à vontade, sem ter que forçar muito. Vanessa Rosa e Ana Pereira, ambas do Águas Belas, fizeram uma boa prova, mas sem conseguirem chegar-se perto da vencedora. Sem demonstrar grande desgaste à chegada, Sílvia Rosa garantiu que a maior dificuldade foi o muito calor que se fez sentir. “Às subidas e descidas já estou habituada, gosto de correr em estrada e por isso os percursos são quase sempre assim. Na prova limitei-me a meter o meu passo e isso chegou para vencer com alguma facilidade”, disse a atleta que garantiu estar a treinar melhor e assim se encontra em melhor forma. As classificações ficaram assim ordenadas: Seniores, femininos – 1ª Sílvia Costa, Zona Alta; 2ª Vanessa Rosa, Águas Belas; 3ª Ana Sofia Pereira, Águas Belas; 4ª Eunice Tavares, Estarreja; 5ª Aida Martins, CLAC; 6ª Cláudia Carreira, Veteranos do Lis; 7ª Patrícia Ferreira, Zona Alta; 8ª Carolina Feliz, União de Tomar; 9ª Leontina Oliveira, Amigos do Alcatrão; 10ª Guilhermina Marques, Estarreja. Por equipas femininas, o Zona Alta, foi a primeira, Águas Belas, segunda e Alvitejo, terceiro. Seniores, masculinos – 1º Ricardo Abreu, G.D. Estreito; 2º Nuno Pereira, Clube de Atletismo da Barreira; 3º Bruno Paixão, Portalegre; 4º Nelson Silva, Zona Alta; 5º Filipe Rosas, Águas Belas; 6º João Vieira, Sport União Caparica; 7º Alex Scutado, Boavista do Pico; 8º Paulo Ramos, CEFA-Marinha; 9º Nuno Varela, Clube de Atletismo da Barreira; 10º Carlos Alves, Boavista do Pico.Classificação colectiva masculinos: 1ª Clube de Atletismo da Barreira; 2ª Boavista do Pico; 3ª Atletismo Clube da Cordinha; 4ª “O Alvitejo”; 5ª Zona Alta.Nos restantes escalões os vencedores foram: Benjamins, femininos – Tatiana Henriques, Estarreja. Masculinos – João Vidais, Ateneu Cartaxense. Infantis, femininos – Sofia Duarte, Ateneu Cartaxense. Masculinos – Eduardo Silva, Zona Alta. Iniciados, femininos – Jessica Matos, Estarreja. Masculinos – Bruno Pedro, Casais do Vento. Juvenis, femininos – Catarina Carvalho, Marinha Grande. Masculinos – César Tavares, Estarreja. Juniores, femininos – Angelina Lopes, Ateneu Cartaxense. Masculinos – Pedro Ferreira, A.C. Cordinhã. Na classificação colectiva, equipas jovens, o Zona Alta foi primeiro; Ateneu Cartaxense, segundo e Estarreja, terceiro. Veteranas I – Aida Martins, CLAC. Veteranas II – Carolina Feliz, União de Tomar. Veteranos I – Alex Scutado, Boavista do Pico. Veteranos II Carlos Alves, Boavista do Pico. Veteranos III – Paulo Ramos, CEFA - Marinha. Veteranos IV –. Gabriel Gonçalves, Boavista do Pico. Veteranos V – Luís Rei, CLAC/Tany. Veteranos VI – José Grilate, “O Alvitejo”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo