Desporto | 31-07-2008 17:58

Padre António Pereira eleito presidente da direcção do Amiense

Fazer o saneamento financeiro do Clube Desportivo Amiense é a prioridade da direcção eleita na assembleia-geral realizada no dia 29 de Julho. Uma direcção que tem como presidente o Padre António Pereira, que até há pouco tempo presidiu aos destinos do Centro Desportivo de Fátima.Mas a direcção agora eleita é formada por mais alguns homens fortes de Amiais de Baixo, como o grande benemérito da terra, Joaquim Louro e alguns outros que têm sido contactados e prontificado a ajudar a fazer sair o clube da crise em que caiu.Segundo o novo presidente do Amiense, não estava nas suas previsões regressar à presidência de uma direcção. “Saí do Fátima para descansar. Mas sou Pároco de Amiais, por isso tenho responsabilidades para com a comunidade. O facto de estar a ver o clube a definhar e mais de uma centena de jovens ficar parados sem poder praticar desporto, mexeu comigo e com o meu grande amigo Joaquim Louro, e decidimos tomar as rédeas do clube”, referiu o Padre Pereira.A direcção foi eleita por unanimidade, mas ainda não está completa. “É preciso mais gente para trabalhar, e pelo que parece não vai ser difícil encontrar pessoas disponíveis para nos ajudar, todos os que foram contactados disseram que sim”, disse o presidente.A ideia é manter todas as modalidades existentes no clube, mantendo o futebol e o basquetebol, “modalidades muito fortes no Amiense, principalmente nas camadas jovens que iremos manter e desenvolver ainda mais”, garantiu o Padre António Pereira.Mas, apesar de fazer o saneamento financeiro do clube ser a grande prioridade da nova direcção, a vertente desportiva não foi de modo nenhum descurada. “Já estávamos a trabalhar para não deixar fugir os jogadores. O Tó Rei estava mandatado para avançar com as conversações e formar equipa”, disse o dirigente.“Acredito que vamos manter o nível nas diversas equipas, mas não vamos sonhar com subidas. Vamos reorganizar as camadas jovens e sobretudo criar uma estrutura sólida para que o clube não tenha mais sobressaltos como os que viveu nos últimos tempos”, afirmou com convicção o novo presidente do Amiense.O Padre António Pereira tinha vivido uma situação muito mais grave quando tomou conta do Centro Desportivo de Fátima, o clube estava quase na bancarrota e totalmente desorganizado. “Era uma situação bem mais complicada do que a que se vive no Amiense, e resolvemo-la com muito trabalho. Acredito que vamos conseguir fazer o saneamento financeiro do Amiense até ao final desta época”, garantiu.O presidente do Amiense não tem ainda elementos para dizer quem serão os elementos que irão representar as suas equipas, mas garante que o clube de Amiais de Baixo vai ter um grupo de trabalho com condições para representar condignamente a freguesia, quer no futebol quer em todas as restantes modalidades. “Só falta colocar as pessoas certas nos lugares certos, para depois podermos fazer a apresentação”. Disse com entusiasmo.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Vale Tejo