Desporto | 06-07-2011 15:13

Rio Maior Basket um clube a crescer com a formação

Rio Maior Basket um clube a crescer com a formação
O Rio Maior Basket fez, dia 3 de Julho, a festa de final de época juntando no complexo desportivo riomaiorense atletas, treinadores, dirigentes e familiares e aproveitou a ocasião para mostrar o trabalho desenvolvido e o que perspectiva para o futuro.É uma altura de férias e nem toda a família pode estar presente mas, mesmo assim, mais de uma centena de pessoas associaram-se à festa de encerramento de época promovida pelo Rio Maior Basket. E foi uma festa entusiasmante para os atletas, treinadores e dirigentes, que se sentiram apoiados para continuar o trabalho de formação que têm vindo a realizar.O clube riomaiorense, formado há cerca de seis anos, para avançar com o basquetebol senior rapidamente chegou à conclusão que não era possível avançar com a categoria mais alta da modalidade, se não se voltasse em força para a formação. E o Rio Maior Basket cresceu e nesta altura tem mais de uma centena de jovens inscritos e a praticar a modalidade.Segundo o presidente do clube, Pedro Xavier Martins a mudança para a formação foi uma aposta ganha. “Fruto do trabalho dos treinadores e do apoio dos pais dos jovens, o clube cresceu e continua a cimentar esse crescimento. O ano passado tínhamos 55 jogadores inscritos, este ano tivemos 104, é obra”, disse.Não foi só no número de jogadores o crescimento do clube. “Temos equipas masculinas e femininas em todos os escalões de formação, desde os mini até aos sub-18 masculinos e sub-19 femininos. Somos dos poucos clubes do distrito que se podem orgulhar disso”, afirmou Pedro Pinto com uma pontinha de orgulho.“Prescindimos para já de equipas seniores porque queremos que o clube tenha um crescimento sustentado. As despesas eram incomportáveis. Não queremos entrar em loucuras, temos uma boa saúde financeira, e quando voltarmos aos seniores será com o aproveitamento da formação que estamos a fazer”, garantiu o dirigente.O trabalho realizado pelos técnicos foi bastante realçado pelo dirigente, que colocou também em destaque o apoio dado pelos pais e pela autarquia. “O trabalho dos técnicos tem sido exemplar, quer na captação de jovens, quer na sua formação como atletas e como homens. Os pais têm dado um grande apoio, principalmente nos transportes e a autarquia através do protocolo que assinamos é o suporte maior para podermos trabalhar”, garantiu.Pedro Pinto acredita que esse apoio aparece devido ao facto de no Rio Maior Basket não se apostar apenas na formação de atletas. “A aposta que fazemos na formação como homens também é muito importante. Instituimos o prémio “cesto na escola”, que destaca e premeia os melhores alunos de cada escalão em cada período escolar. No final do ano lectivo os melhores recebem um prémio ainda mais atractivo. Para isso todos os atletas apresentam as suas notas de cada período e quando as coisas baixam são aconselhados a inverter a situação. Tem sido um êxito”, disse o dirigente.Nesta festa que decorreu durante todo o dia os jovens e os seus familiares puderam jogar basquetebol e assistir a alguns dos momentos que passaram durante a época. Participaram num almoço convívio e confraternizaram com companheiros e família.Para o futuro Pedro Martins garante que a aposta na formação é para continuar. “Vamos ter que reforçar o quadro de treinadores. O trabalho realizado pelos actuais técnicos tem sido excepcional, mas com o crescimento do número de equipas e atletas já não podem continuar a saltar de um lado para o outro, não é humanamente possível”, garantiu.Quanto à colaboração com a Escola Superior de Desporto, Pedro Martins diz que é muito bom. “Não existe nenhum protocolo, mas existe um grande espírito de colaboração. O treinador principal é professor e outros dois foram alunos, e para além disso na altura de estágios os alunos fazem-no aqui no clube”. “Trabalhamos para garantir o futuro do basquetebol na cidade do desporto, para isso trabalhamos com as escolas do concelho. Temos uma treinadora que é professora na Escola das Marinhas do Sal e ajuda-nos a fazer essa ligação que nos abastece de jogadores jovens”, disse a terminar.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo