Desporto | 27-07-2011 07:11

Vasco Varão sem preconceitos elogia estágio do Sindicato

Vasco Varão, reforço do Centro Desportivo de Fátima, da II Divisão portuguesa de futebol, fala sem preconceitos do estágio organizado pelo Sindicato dos Jogadores, que lhe permitiu alcançar o novo emprego.Depois de dois anos nas Ligas profissionais ao serviço de Vitória de Setúbal, Carregado e Sporting da Covilhã, Vasco Varão integrou o estágio do Sindicato dos Jogadores até assinar pelo CD Fátima.O jogador diz que saiu valorizado do estágio e não compreende o preconceito que continua a verificar-se junto de alguns jogadores que se encontram nas mesmas condições, “mas que preferem ficar em casa”.“Alguns jogadores ainda têm o preconceito de integrarem o estágio com receio de desvalorizarem as suas carreiras, quando o que se verifica é o contrário”, comentou à Lusa.O jogador dá o exemplo de Miguel Garcia, que no ano passado passou pelo Sindicato e assinou pelo Olhanense, terminando a época no Sporting de Braga.O médio tece elogios ao trabalho desenvolvido no estágio: “Tive a oportunidade de fazer uma preparação para a pré-época com qualidade e integrado numa estrutura muito interessante”.A participação nos treinos do Sindicato acabou por ser curta já que o CD Fátima estava atento e avançou para a contratação do médio, de 29 anos, que se tinha sagrado campeão nacional da II Divisão, precisamente ao serviço dos ribatejanos na época 2008/2009.É com o objectivo de repetir esse êxito que Vasco Varão parte para esta época, novamente na II Divisão, “mas sem preconceito por que o importante é cumprir com o clube onde estamos”, diz.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo