Desporto | 26-12-2013 07:54

João Pimenta deixa Fátima com quatro meses de salários em atraso

O futebolista João Pimenta anunciou a rescisão do seu contrato com o Fátima, alegando quatro meses de salários em atraso e uma postura do clube que envolve “mentiras e promessas não cumpridas”.“Quero rescindir, porque chega uma altura em que, depois de levarmos com tantas mentiras e promessas não cumpridas, isto se torna incomportável. Já atingi o meu limite”, acentuou o avançado, de 28 anos, em declarações ao Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF).João Pimenta é o segundo jogador a rescindir nesta altura com o Centro Desportivo de Fátima alegando salários em atraso, depois de Feliciano ter anunciado a saída do clube, afirmando-se “completamente enganado”.Em comunicado, o SJPF assegura que “são vários os jogadores do Fátima descontentes e a ponderar sair do clube”, depois de ter sido tornada pública a “grave situação de incumprimento salarial”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo