Desporto | 11-11-2015 11:11

Atritos com Carlos Lopes levam a saída de Mário Aníbal do atletismo do Sporting

Atritos com Carlos Lopes levam a saída de Mário Aníbal do atletismo do Sporting
O ex-atleta olímpico Mário Aníbal, residente no concelho de Vila Franca de Xira, deixou de ser o director técnico do atletismo do Sporting em ruptura com Carlos Lopes, o responsável da secção. Em causa estão alegadas divergências e atritos que se foram criando entre ambos envolvendo a gestão da modalidade e os 300 atletas que ali estão a competir.Mário Aníbal, que detém até hoje os recordes nacionais de decatlo e heptatlo, diz a O MIRANTE ter saído “a bem” do clube de Alvalade e “sem dizer tudo o que havia por dizer” aos responsáveis do Sporting. Depois de ter dito ao diário Record que já não estava a “acrescentar nada” ao clube leonino, prefere agora não alimentar polémicas e diz que o assunto, para ele, “acabou”. A saída do técnico não o afasta da modalidade, já que continua ao serviço da Federação Portuguesa de Atletismo como técnico do Centro de Alto Rendimento do Jamor.Já se fala nos bastidores que o ex-atleta pode estar a caminho do Benfica, clube rival dos leões e pelo qual sempre vestiu a camisola quando competia. “Já várias pessoas me falaram sobre isso, que ia para o Benfica, mas francamente não sei de nada nem houve qualquer abordagem. Não sei rigorosamente nada sobre esse assunto e estou a ser surpreendido com isso”, refere.O sucessor de Mário Aníbal no Sporting é Carlos Silva, treinador do Sporting há várias épocas. O seu nome foi falado há um ano quando Anabela Leite se demitiu pouco tempo depois de ser indicada para o cargo. Nessa altura foi Mário Aníbal, um nome de fora do clube, a ser convidado para o lugar. Também Mário Aníbal acabaria por ficar pouco tempo em Alvalade – entre Fevereiro e Julho deste ano, abrindo agora a porta a Carlos Silva.* Notícia desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo