Desporto | 29-03-2018 19:36

União dentro e fora de campo é o segredo dos iniciados da Académica de Santarém

União dentro e fora de campo é o segredo dos iniciados da Académica de Santarém
Foto O MIRANTE

Equipa fez história e vai defrontar os grandes do futebol nacional na fase final do campeonato nacional. O primeiro jogo é contra o Benfica já este fim-de-semana.

A equipa de futebol de iniciados da Associação Académica de Santarém já escreveu o seu nome na história do futebol escalabitano ao apurar-se pela primeira vez para a terceira fase do campeonato nacional da categoria, que vai apurar o campeão. Os jovens escalabitanos vão agora defrontar o FC Porto, SC Braga, Sporting CP e SL Benfica, garantindo desde já um lugar entre as seis melhores equipas do nacional de iniciados.


O capitão, Rafael Alcobia, jogador no clube há 10 épocas, fala em “grande união dentro e fora de campo” para explicar o sucesso do grupo. Já o treinador e coordenador da formação da Académica de Santarém, Fernando Santos, destaca a qualidade dos jogadores e o compromisso que estes jovens têm tido. “Estes jogadores merecem tudo isto. Uma equipa que é a menos batida do campeonato e das equipas que marca mais golos na segunda fase não é fácil e só pode ser fruto do trabalho”, refere o técnico.


Para quem tinha a manutenção como objectivo, esta passagem à final do nacional foi o atingir de um sonho e neste caminho não houve só vitórias e alegrias. Para o guarda-redes João Madeira, o pior momento foi no jogo frente ao União de Leiria, em que perderam por 3-0, com “um frango à mistura”, revela. O fã de Manuel Neuer, do Bayern de Munique conta que ainda jogou “um ano lá à frente” mas decidiu-se pela baliza há sete anos.
Mas a baliza não pertence só a João Madeira, que vai rodando com Rodrigo Neves, que vem de Tomar três dias por semana para treinar. São os pais que o trazem e este é o seu primeiro ano a defender a baliza da Académica. Os seus pais estão felizes pelo sucesso da equipa, já os seus “amigos de outras equipas estão com um pouco de inveja”, conta a O MIRANTE.


João Guedes já passou pelo Sporting mas uma lesão fê-lo regressar à Académica esta época. Natural de Coruche, também faz todas as semanas muitos quilómetros para treinar. Baixou as notas este ano e questionado sobre se teria a ver com o futebol João afirma que não. “No ano passado tive cinco valores a todas as disciplinas. Baixei um pouco mas espero recuperar até ao final do terceiro período”. Para João o mais difícil deste caminho foi a “passagem da primeira para a segunda fase, em que ficámos em quarto lugar e por um ponto conseguimos passar”.

Um treinador que só queria treinar seniores
Fernando Santos está há quatro anos na Académica a liderar a formação. Já passou por vários clubes da região e conta que no início da sua já longa carreira como treinador só queria treinar seniores mas diz-se arrependido. “Nos seniores o trabalho pode estar a ser bem feito, mas se a bola não entra já sabemos que não iremos sobreviver muito tempo no clube. Desde o momento que entrei para o futebol de formação só vejo vantagens, principalmente neste clube, com este presidente (António Torres), que tem feito um trabalho excepcional porque nos dá margem para trabalharmos tranquilos e depois os resultados vão aparecendo naturalmente”, diz.

Santarém Cup até sábado
A Académica de Santarém promove esta semana mais uma edição do torneio Santarém Cup, que vai decorrer este ano nos dias 28, 29 e 30 de Março e conta com 56 equipas de 24 clubes, entre elas uma formação do clube FC Hlinsko, da República Checa. Trata-se do primeiro emblema estrangeiro a participar nesta festa do futebol de formação.


Na prova que se vai disputar nos campos de futebol da Escola Agrária de Santarém, da Ribeira de Santarém e da Moçarria, vão estar presentes equipas de alguns dos principais clubes nacionais, como SL Benfica, Sporting CP, SC Braga, Paços de Ferreira ou V. Setúbal e de vários clubes da região. A prova envolve os escalões de sub-8, sub-10, sub-11 e infantis. As finais e a cerimónia de encerramento estão marcadas para 31 de Março, sábado.

Fase final começa com o Benfica no Seixal

O sorteio ditou que na primeira jornada da fase de apuramento do campeão nacional de iniciados a Académica de Santarém se desloque ao terreno do Benfica, no dia 31 de Março. Seguem-se, na primeira volta, o Sporting em casa, o Braga em casa, o Porto fora e o vencedor do play-off em casa. Na segunda volta inverte-se a ordem dos jogos.

Sucesso traz a cobiça dos três grandes

O trabalho da formação da Académica de Santarém tem dado frutos ao clube mas também traz a cobiça dos grandes clubes. Todas as equipas da Académica têm jogadores a serem chamados aos três grandes e só no ano passado foram chamados cerca de 70 jogadores para observação.
Fernando Santos conta que “houve duas meninas a entrarem no Sporting; o João Guedes, que esteve no Sporting e regressou depois de uma lesão, o João Fidalgo (sub12) que neste momento é guarda-redes do Benfica e o Salvador que foi para o Futebol Clube do Porto. Os grandes têm feito sucessivas observações aos nossos atletas, infelizmente para o clube e felizmente para os jogadores, que não vão só lá treinar, como conseguem ficar”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1346
    11-04-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1346
    11-04-2018
    Capa Médio Tejo