Desporto | 12-05-2018 13:22

União de Tomar quer quebrar favoritismo do Mação na final da Taça do Ribatejo

União de Tomar quer quebrar favoritismo do Mação na final da Taça do Ribatejo
União de Tomar chega pela primeira vez à final e quer matar o borrego frente ao Mação

Já foram vendidos cerca de 700 bilhetes para a final da taça que se disputa este domingo, 13 de Maio, no Entroncamento.

A grande festa do futebol distrital está marcada para a tarde de domingo, 13 de Maio, no Complexo do Bonito, no Entroncamento. Este ano chegaram à final da Taça do Ribatejo os favoritos, a Associação Desportiva de Mação (o campeão distrital desta época) e o União de Tomar (actual 2º classificado).


O presidente da Associação de Futebol de Santarém, Francisco Jerónimo, acredita que este ano “a festa ainda vai ser maior porque se defrontam dois históricos do futebol distrital”. O União de Tomar, que chega pela primeira vez à grande final, quer quebrar o favoritismo do campeão Mação, porque como diz o treinador, Paulo Esteves, nas finais nunca há vencedores antecipados. “Claro que o Mação é favorito pelo que fez ao longo desta época, mas viemos para quebrar o favoritismo do Mação, respeitando sempre o adversário e queremos matar este borrego”, afirma.
O treinador campeão, João Vitorino, diz que não há favoritos nas finais. “Chegaram a esta final duas grandes equipas, conforme demonstraram durante o campeonato. Nós fomos um pouco mais regulares mas em relação a este jogo é 50 por cento para cada lado”, diz.


Os capitães das duas equipas não fazem apostas sobre quem vai levar a melhor. “Só apostamos que vai ser uma grande festa. Em relação ao resultado logo se vê no fim do jogo”, diz o capitão do União de Tomar, Nuno Rodrigues.


O capitão dos maçaaenses, Luís Esteves, diz que “o Nuno tem toda a razão e eu também quero que seja uma festa. Já nos conhecemos muito bem, somos amigos e já partilhámos o balneário em Mação há quatro anos. São duas equipas com muita qualidade e o resultado vai depender de pormenores. Espero que seja um bonito espectáculo no dia do futebol distrital”.


Para o presidente do Mação, João Espírito Santo, o objectivo do início da época foi cumprido. “Tivemos sempre como objectivo a final da Taça do Ribatejo porque é o acontecimento mais bonito do futebol distrital. Não nos traz muitas responsabilidades a nível financeiro e permite-nos o acesso à Taça de Portugal”, explica o presidente que tem a “felicidade de estar na final pelo segundo ano consecutivo. Vamos dar um bom espectáculo e vamos trazer muita gente de Mação para apoiar a equipa. Que ganhe o melhor e que o melhor seja o Mação porque já temos o lugar para mais uma taça”.


Para o presidente do União de Tomar não há segredos para o sucesso. “Tivemos sempre qualquer coisa que nos impediu de chegar até à final. É verdade que o Tomar também andou pelos nacionais e não disputava esta competição e quando jogámos para a Taça do Ribatejo têm-nos sempre calhado equipas que normalmente têm ganho a taça. Mas já que finalmente cá chegámos queremos levar a taça para Tomar”, afirmou.
O jogo tem inicio marcado para as 16h30, no Complexo Desportivo do Bonito, no Entroncamento.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo