Desporto | 26-05-2018 08:38

Cristiana quer ser craque no mundo da bola

Cristiana quer ser craque no mundo da bola
Cristiana Duarte já foi chamada à selecção

Aos 17 anos, é futebolista nos juniores e seniores do Ouriense. A ponta-de-lança já foi chamada às selecções jovens e quer chegar à selecção A.

A paixão de Cristiana Duarte pelo futebol surgiu por via genética. “O meu pai foi jogador de futebol e, por isso, começou também a despertar em mim esse gosto”, conta a jovem de 17 anos que representa o Clube Atlético Ouriense. E o ‘bichinho’ nunca mais a largou. Dedica-se de corpo e alma ao futebol feminino e sonha um dia vestir a camisola do seu clube do coração, o Sporting, e da selecção nacional.
Conhecida por ‘Cris’, nome que tem estampado na camisola n.º 9 do Clube Atlético Ouriense, a jovem ponta-de-lança já jogou na selecção distrital e foi chamada duas vezes à selecção nacional, primeiro nos sub16 e depois nos sub17. “Não estava nada à espera de ser convocada para vestir a camisola das quinas”, confessa a jovem, sem esconder que traz “recordações muito especiais” dessas experiências. “No primeiro estágio custou-me mais porque não conhecia ninguém mas, no segundo, tudo foi mais fácil”, conta a jovem jogadora, que tem um irmão mais velho.
Cristiana ainda se lembra da altura em que começou a dar os primeiros pontapés na bola no ringue de Alcanhões. “Na altura, costumava jogar com os rapazes da terra”, adianta a jovem. Entretanto, o gosto e o talento começaram a aumentar e decidiu rumar ao União de Almeirim, o primeiro clube onde jogou como federada, ainda no escalão de infantis, numa equipa mista. Esteve ainda lá um ano até que, já no escalão de iniciados, sentiu que estava no momento de fazer parte de uma equipa feminina. Foi aí que se transferiu para Salvaterra de Magos e começou a dar nas vistas. “Ainda estive na equipa de futebol de Salvaterra, mas depois recebi um convite para ir para o Clube Atlético Ouriense e aceitei”, revela.
A jovem futebolista ainda é juvenil mas tem chamado a atenção sempre em escalões acima da sua idade. Actualmente, costuma jogar duas vezes durante o fim-de-semana. Aos sábados joga pela equipa júnior e aos domingos pelas seniores, que estão prestes a subir novamente à 1.ª divisão do campeonato nacional de futebol feminino.
Uma vida entre Santarém, Almeirim e Ourém
A rotina semanal de Cristiana não é fácil, pois reside na Tapada, concelho de Almeirim, e estuda na Escola Básica Alexandre Herculano, em Santarém. “Não é fácil conciliar os estudos com as deslocações para Ourém, mas com organização tudo se consegue”, revela.
E se nos estudos Cristiana mostra ser rigorosa, também na alimentação mostra ter alguns cuidados apesar de não lhe estar prescrita uma dieta. “Normalmente, sigo uma alimentação equilibrada. Mas quando me apetece como um hambúrguer ou um gelado”, admite. A última vez que deu uma facadinha no regime alimentar foi após ter jogado contra a Finlândia no Estádio do Algarve. Nesse dia, conta, “estava tão farta da dieta que quando saí do estádio o primeiro lugar onde fui foi ao McDonald’s”.
Admiradora de Cristiano Ronaldo, ‘Cris’ confessa que até há dois anos não ligava muito à escola, de tal forma que a mãe ralhava e mandava-a ir estudar. “Mas com a idade passei a ter a cabeça mais no lugar e a agarrar-me mais aos livros”, adianta a jovem. Para já, diz, quer concluir o 12.º ano de escolaridade. “Depois logo se vê. O destino é que decidirá”.

Os mimos da avó

Com uma agenda sempre preenchida devido aos estudos, aos treinos, aos jogos, Cristiana Duarte admite que não tem muito tempo para se divertir com os amigos e frequentar os locais onde os jovens da sua idade costumam ir. Ainda assim, quando pode, gosta de ajudar a sua mãe nas tarefas domésticas e estar com os seus avós.
“Costumo sair das aulas à sexta-feira e vou até à casa dos meus avós passar lá a tarde e a noite. É nessa altura que eu e a minha avó vamos para a cozinha fazer um bolo ou preparar uma sobremesa. É um momento especial”, diz. E porque os mimos da avó são muitos, ao jantar os pratos são sempre da predilecção de Cristiana. “Ela sabe que eu gosto muito do bacalhau com natas e de molotof e faz para mim”, conta.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo