Economia | 27-01-2005 17:18

Abrantes vai acolher centro tecnológico alimentar

A Câmara Municipal de Abrantes e a Associação Empresarial da Região de Santarém apresentaram hoje, a mais de 130 empresários, o Centro Tecnológico Alimentar (CTA), que visa apoiar o desenvolvimento da indústria agro-alimentar nacional.O CTA, a ser construído até ao final do ano em instalações que se inserem no Tecnopólo do Vale do Tejo, em Abrantes, terá por função a prestação de serviços às empresas do sector, apoiando a modernização e a qualificação dos seus produtos, "para competirem num mercado cada vez mais exigente", segundo o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Nelson de Carvalho.Frisando a localização central do Tecnópolo do Vale do Tejo e as excelentes acessibilidades que servem o concelho, Nelson Carvalho considera a instalação desde centro neste local uma "aposta estratégica no apoio às empresas para que estas estejam no mercado de forma competitiva".Localizado numa região em que 20 por cento das cem maiores empresas são do sector agro-alimentar, o centro irá também servir uma região que possui já algumas produções competitivas, nomeadamente massa de pimento, azeite e doçaria regional, adiantou.Segundo Nelson Carvalho, o CTA permitirá estudar os produtos e os processos envolvidos na sua transformação com o objectivo de garantir a qualidade e facilitar a certificação e qualificação.No Tecnopólo do Vale do Tejo está já a funcionar um laboratório que faz análises à água e a produtos alimentares e que vai trabalhar em complementaridade com o centro.O projecto, que tem contado com o apoio da Comissão de Coordenação Regional de Lisboa e Vale do Tejo, tem os estudos de viabilidade estratégica concluídos, o levantamento dos equipamentos necessários está feito, devendo ir a concurso brevemente o projecto para remodelação do edifício que vai acolher o CTA.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo