Economia | 10-10-2006 23:13

Fiscalização fecha nove estabelecimentos em Fátima

A Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) ordenou a suspensão de actividade a nove estabelecimentos comerciais, em Fátima, no âmbito de uma acção de fiscalização de que resultou ainda uma de tenção e centenas de contra-ordenações.A acção, que teve a duração de dois dias, visou estabelecimentos comerciais, de restauração e bebidas, hotelaria, de turismo, de venda de metais preciosos ou outros artigos e de venda ambulante.Em comunicado, a ASAE adianta que a designada "Operação Outono" envolveu 40 brigadas das cinco direcções regionais da Autoridade num total de 90 inspectores que fiscalizaram 381 operadores económicos.Como resultado da operação iniciada segunda-feira foram instaurados 142 processos de contra-ordenação e dois processos-crime ao mesmo tempo que foi sus pensa a actividade a nove estabelecimentos.Dos nove estabelecimentos, três são unidades hoteleiras, sendo que numa foram detectados quartos não licenciados e nas restantes falta de higiene na confecção alimentar. Cinco restaurantes e uma padaria foram igualmente encerrados por falta de higiene na confecção alimentar.Em relação aos dois processos-crime, um foi por produto avariado e resultou na detenção do proprietário do estabelecimento, o outro por crime de desobediência. De acordo com a ASAE a taxa de incumprimento registada foi de 38 por cento enquanto na operação de Maio chegou aos 52 por cento.Promover a leal concorrência e a transparência do mercado e prevenir a existência de eventuais casos de especulação foram os objectivos da acção da ASA E, que antecede em três dias a grande peregrinação ao Santuário de Fátima onde n os dias 12 e 13 são esperados milhares de peregrinos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo