Economia | 12-10-2006 09:21

Fábrica de enchidos de Almeirim pronta a arrancar

A fábrica de enchidos tradicionais de Almeirim deve começar a funcionar ainda este mês, ou no princípio de Novembro, informou o presidente do município, José Sousa Gomes (PS). Já foram feitos os acabamentos e as máquinas necessárias à produção já foram instaladas, restando apenas fazer os arranjos exteriores. Na unidade vão trabalhar doze pessoas, a maior parte delas já se dedicavam à produção dos enchidos em casa ou nos talhos. E vão agora receber formação para operarem com a maquinaria da fábrica que é propriedade da câmara municipal e cuja actividade vai ser concessionada a uma cooperativa de talhantes do concelho, a Encherim, por um período de 25 anos. A fábrica começou a ser construída nas instalações do antigo matadouro municipal, na zona industrial da cidade, em Maio do ano passado. A iniciativa de avançar para a instalação desta unidade visou defender os chouriços, morcelas e farinheiras usadas na sopa de pedra e que eram confeccionados pelos talhos do concelho. Já que a legislação em vigor não permite o fabrico de enchidos e desmancha de animais sem a existência de salas próprias com equipamentos do tipo industrial. O que constitui investimentos avultados.Na produção dos enchidos vão aplicados os métodos tradicionais. A fábrica tem uma produção anual prevista de 120 toneladas de chouriço, 137 toneladas de farinheira e 17 toneladas de chouriço negro. Além de 300 toneladas de carnes de porco e vaca para venda directa. Representando no total um volume de negócios de 1,7 milhões de euros por ano. Por cada quilo de carne processada na unidade a câmara recebe da cooperativa nove cêntimos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo