Economia | 26-05-2009 09:13

Ministério das Finanças prolonga prazo para entrega da declaração de IRS

O Ministério das Finanças prolongou até à meia-noite de hoje o prazo para entrega das declarações de IRS pela Internet depois de anunciar não estar previsto qualquer alargamento do prazo de entrega das declarações de IRS referentes à segunda fase, que começou a 16 de Abril e terminou à meia-noite de segunda-feira.Fonte do Ministério das Finanças disse ter recebido segunda-feira à noite algumas queixas sobre uma alegada "lentidão" na entrega das declarações através da Internet, mas garantiu não ter havido nenhum problema técnico."O sistema estava lento devido à forte afluência ao portal das Finanças, o que acontece sempre no último dia de entrega. Não houve qualquer problema técnico, portanto não está previsto um alargamento do prazo de entrega das declarações, que já começou a 16 de Abril", adiantou a mesma fonte.O prazo para a entrega electrónica referente à segunda fase (trabalhadores independentes, excepto categorias A e H) iniciou-se a 16 de Abril e terminou à meia-noite de segunda-feira, mas vai ser prolongado até á meia noite de hoje.Depois de terminado o prazo legal de entrega, as declarações de IRS podem ser entregues à administração fiscal mas será cobrada uma multa, que é tanto maior quanto mais dias fora do prazo for feita a entrega.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo