Economia | 10-09-2010

Modelo da Feira do Milho veio para ficar (vídeo)

O modelo em que decorre a Feira do Milho, que este ano se estendeu também a outras culturas como o tomate, com demonstrações ao vivo, veio para ficar. Esta é a convicção de Pedro Torres, o organizador do certame que se fez pela primeira vez no ano passado em Valada do Ribatejo, concelho do Cartaxo. Nesta segunda edição, que decorreu esta quarta e quinta-feira, só no primeiro dia a feira recebeu sete mil visitantes, o número que teve em 2009 durante dois dias. Para Pedro Torres desde o início que havia “a convicção que este modelo era um vazio nos eventos nacionais. Não tínhamos dúvidas que a feira ia interessar às pessoas”. O responsável pela organização recorda que se optou por fazer o certame durante a semana, apesar de ser uma decisão polémica, justificando que “esta é uma feira virada para os profissionais da agricultura. Uma feira para ajudar o sector e mostrar a capacidade que a agricultura tem na economia deste país”. Sobre o facto desta feira, onde o agricultor pode ver máquinas a trabalhar no cultivo e colheita, ser diferente das outras que se organizam na região e no país, Pedro Torres realça que o certame “não veio para prejudicar os outros”, sublinhando que “”esta feira está para fazer não está para concorrer”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo