Economia | 27-09-2010 00:26

Aveiras de Cima pode tornar-se capital empresarial do concelho de Azambuja

A freguesia de Aveiras de Cima tem fortes possibilidades de tornar-se na capital económica do concelho de Azambuja. Quem o diz é o secretário-geral da Associação de Comércio, Indústria e Serviços do Município de Azambuja (ACISMA), Daniel Claro, um dos oradores na sessão pública de discussão do Plano Estratégico de Azambuja. Daniel Claro diz que o comércio de Azambuja sofre com a proximidade a Lisboa que permite que em 20 minutos um habitante daquela vila, que viaje de comboio, aceda directamente num dos grandes centros comerciais da capital. O comércio local, por seu lado, acomodou-se à situação. “É uma pescadinha de rabo na boca. O comércio local não investe porque não tem clientes. Não tem clientes porque não investe”, analisou. A vantagem financeira de Aveiras de Cima face à freguesia de Azambuja, sede de concelho, foi confirmada pelo presidente da Caixa de Crédito Agrícola de Azambuja, Francisco Silva, que da plateia garantiu que a delegação daquela freguesia está a ganhar terreno ao balcão sede.Francisco Silva aproveitou ainda para lembrar a necessidade de criar parques que acolham pequenas e médias empresas e que sirvam também para dar alguma vitalidade económica ao concelho.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo