Economia | 27-09-2010 13:13

Projecto quer cultura avieira como novo destino turístico

Um novo pólo de atracão turística pode ser criado com a aprovação da candidatura da cultura avieira a património nacional, disse à agência Lusa o coordenador do projecto, João Serrano.Este responsável, que participou no fim-de-semana no 1.º Dia Nacional dos Avieiros, na Praia da Vieira, Marinha Grande, explicou que o projecto correrá em paralelo com os programas de recuperação de zonas avieiras apresentado no âmbito do Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos (Provere).A criação de “um novo destino turístico no país, com base no rio Tejo, e que passa por um percurso fluvial entre a marina do Parque das Nações e Constância”, é um dos objectivos da candidatura, disse.“Estamos a fazer um esforço enorme para que as câmaras municipais construam os seus projectos de arquitectura e de investimento para recuperar as aldeias” avieiras, acrescentou João Serrano, para quem não existe em Portugal “um património igual de arquitectura tradicional popular”.O coordenador da candidatura defende, também, a construção de restaurantes em madeira e um fluviário, entre outras estruturas “fundamentais para os turistas”.A “Rota Turística Avieira”, segundo Serrano, pode criar cerca de 400 novos postos de trabalho nos próximos três anos.O processo de candidatura da cultura avieira a património nacional iniciar-se-á oficialmente em Outubro, depois de ter sido designado um técnico superior da Direcção Regional de Cultura para acompanhar o Instituto Politécnico de Santarém em todo o projecto.Os avieiros foram pescadores da Praia da Vieira, na sua maioria, que, nas primeiras décadas do século XX, demandaram as margens do Tejo em busca de melhores condições de vida.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo