Economia | 16-10-2013 19:09

CRIO e ApajeFátima celebram protocolo de cooperação com município de Ourém

A Câmara de Ourém celebrou recentemente dois protocolos de cooperação com o Centro de Recuperação Infantil Ouriense (CRIO) e a ApajeFátima (Associação de Pais). O protocolo assinado com o CRIO visa reforçar o apoio prestado pelo município no desenvolvimento de respostas sociais enquadradas no Centro de Recursos para a Inclusão (CRI). Os CRI apoiam as escolas no processo de inclusão de crianças e jovens com deficiências e incapacidade em parceria com as estruturas da comunidade proporcionando o acesso ao ensino, formação, trabalho, lazer, participação social e vida autónoma.O município de Ourém compromete-se a ceder espaços desportivos para o desenvolvimento de actividades como fisioterapia, reabilitação psicomotora e mobilidade, realização de programas específicos e prática de desporto adaptado. Ficou ainda acordado que a autarquia disponibiliza também o Centro Comunitário de Voluntariado para a dinamização de actividades ocupacionais com os alunos integrados em CRI. Será também cedido uma sala ou auditório para dar formação aos professores.Em relação ao protocolo com a ApajeFátima, esta passa a usufruir dos edifícios escolares onde funcionaram a escola básica do 1º ciclo e o jardim-de-infância de Casa Velha, que se encontram desactivados. Esta cedência do espaço visa criar um pólo agregador de sinergias que devem trazer contributos positivos para o desenvolvimento cultural, desportivo, social e recreativo da freguesia e das associações.Os serviços administrativos do Gabinete de Apoio à Família, da creche e Centro de Actividades e Tempos Livres vão ser transferidos para edifício da antiga escola básica.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo