Economia | 16-10-2013 19:22

Presidente da Câmara de Abrantes foi ouvir os empresários

Presidente da Câmara de Abrantes foi ouvir os empresários
O Município de Abrantes foi o único do distrito de Santarém representado ao mais alto nível autárquico na Convenção Sobreviver e Crescer. A presidente da câmara, Maria do Céu Albuquerque, marcou presença junto dos vários empresários do seu concelho que lá estiveram e não perdeu a oportunidade para os felicitar por algumas das intervenções produzidas. Nesta fotografia está com Carlos Lopes de Sousa da STI que participou no painel sobre “Custos de Financiamento e de Produção” em que o assunto mais abordado foi o da formação do preço da energia. Um tema tão polémico que levaria o ex-ministro Daniel Bessa a afirmar que se quiser arranjar inimigos em Portugal basta-lhe falar nele. Por ser um dos custos com mais impacto nas contas das empresas, Daniel Bessa defendeu a intervenção do regulador para fazer “a decomposição dos custos da energia ao pormenor” porque só assim será possível perceber em que medida parte do preço é imposto e como será possível desenhar uma política de apoio às empresas, que passe pela “redução ou mesmo abolição do imposto em áreas de actividade que são mais dependentes da energia e de apoio às PME”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo