Economia | 16-10-2013 19:13

Vinte anos de geminação com Parthenay recordados em Abrantes

Vinte anos de geminação com Parthenay recordados em Abrantes

Presidente da câmara diz que é essencial mobilizar os jovens para continuarem a dar vida a estes projectos de cooperação que a cidade tem estabelecido.

A Biblioteca Municipal António Botto, em Abrantes, recebeu no dia 10 de Outubro uma conversa sobre as duas décadas de geminação de Abrantes com a cidade francesa de Parthenay. A iniciativa promoveu a partilha das experiências vividas pelos que ao longo dos anos têm participado e contribuído para a continuidade deste projecto de intercâmbio.Presentes estiveram os três presidentes de câmara que acompanharam o processo de geminação, desde o estabelecimento dos laços com a cidade francesa em 1993, primeira geminação da cidade de Abrantes, pela voz de Humberto Lopes, passando por Nélson de Carvalho e no corrente mandato por Maria do Céu Albuquerque. Um projecto que o município pretende que continue a dar frutos e que ao longo dos anos tem evoluído e tem sido adaptado à evolução da sociedade.“Neste momento as relações de geminação são completamente diferentes daquelas que eram há 20 anos atrás”, afirmou a O MIRANTE Maria do Céu Albuquerque.A presidente da Câmara de Abrantes recordou que aquando da geminação com Parthenay o objectivo passava “por estimular as pessoas a este sentimento de pertença a um continente que deixou de ter fronteiras entre os seus países”.“Hoje há um conjunto novo de desafios que passam por continuar a estabelecer a relação entre os povos, estimular as relações culturais e criar oportunidades para os nossos cidadãos, não só de se enriquecerem pessoalmente através destes contactos, mas também encontrarem oportunidades de negócio e de emprego”, completou.Para a autarca é essencial mobilizar os jovens para continuarem a dar vida a estes projectos de geminação que a cidade de Abrantes tem estabelecido ao longo destes vinte anos, concedendo-lhes a oportunidade de conhecerem outros países e cidades contactando directamente com as diferentes culturas e ficando alojados em casas de famílias de acolhimento locais.“Uma das acções que queremos levar por diante é criar condições para fazer aqui em Abrantes, proximamente, um encontro com jovens de todas estas cidades com quem temos uma relação”, confidenciou a O MIRANTE Maria do Céu Albuquerque, remetendo para a importância de criar o gosto do intercâmbio cultural aos jovens abrantinos.Para além de Parthenay, em França, o município de Abrantes encontra-se geminada com Ribeira Brava, em Cabo Verde, desde 1998, e Hitoyoshi, no Japão, desde 2009. Abrantes mantém também acordos de cooperação com o município de Bobonaro, em Timor, e com o município de Mioveni, na Roménia.A propósito da comemoração dos vinte anos de geminação com Parthenay, a Biblioteca Municipal António Botto mantém patente até dia 2 de Novembro a exposição “20 anos de geminação com Parthenay”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo