Economia | 30-12-2013 15:53

Empresa “Couro Azul” de Alcanena finalista em concurso mundial de curtumes

A empresa Couro Azul, com sede em Alcanena e, recentemente, distinguida com o Galardão PME do Ano, em iniciativa co-organizada pela Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém e por O MIRANTE, é uma das duas finalistas europeias da iniciativa “Tannery of the Year/ Curtume do Ano” que distingue as empresas que actuam na área do couro e curtumes. A outra empresa europeia finalista é a Wollsdorf Leder, Wollsdorf, na Áustria. A iniciativa, que vai na sua quarta edição, seleccionou as duas finalistas, entre 11 fábricas de curtumes europeias que se candidataram, tendo em conta o seu desempenho e os seus critérios de responsabilidade social. Refira-se que, de acordo com Pedro Carvalho, presidente do conselho de administração, a Couro Azul (que integra o grupo “António Nunes de Carvalho”) criou, no último ano, cem novos postos de trabalho, privilegiando o recrutamento junto de jovens da região. O objectivo deste concurso mundial passa por destacar os melhores exemplos das indústrias de couro, ao nível global, que para além de uma produção amiga do ambiente denotam uma responsabilidade social (por exemplo, ao nível do emprego), estão numa situação económica sólida, privilegiam os factores inovação e qualidade e estabeleceram parcerias fortes com os clientes e fornecedores. A final realiza-se em Xangai, na China, em Setembro de 2014.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo