Economia | 25-02-2016 13:59

Empresário indiano desistiu de investir em Tomar

A empresa de produção de álcool de origem indiana que pretendia investir quase dez milhões de euros na construção de uma destilaria em Tomar desistiu do projecto. A presidente da câmara municipal, Anabela Freitas (PS), explicou, em resposta às questões do vereador Pedro Marques (Independentes por Tomar), que o investimento indiano estava previsto no âmbito do programa dos vistos Gold que foi, entretanto, suspenso pelo Governo.“O investidor perdeu o interesse de apostar na construção de uma fábrica em Tomar e também não vai investir em Portugal uma vez que o processo dos vistos Gold ficou sem efeito”, referiu Anabela Freitas.Em Junho de 2014, o então vice-presidente da Câmara de Tomar, Rui Serrano (PS), anunciou em reunião do executivo esse investimento indiano. Rui Serrano dizia, na altura, que a nova empresa iria possibilitar a criação de 26 novos postos de trabalho, não tendo nunca sido revelada a localização exacta da construção da destilaria.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo