Economia | 17-03-2016 15:01

Nersant quer criar plataforma para a exportação

No âmbito da sua estratégia de desenvolvimento da economia da região do Ribatejo, a Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém pretende criar uma plataforma para a exportação, uma ferramenta tecnológica inovadora que visa o crescimento da capacidade de exportação, ao abrir as portas do mercado internacional.A Plataforma Exportar & Internacionalizar baseia-se num conceito que visa a aproximação de dois mundos extremamente fragmentados: a procura mundial; e a oferta nacional, que enfrenta claramente alguma adversidade no acesso aos mercados nacionais. A ideia da Nersant com esta plataforma é, para além de aproximar a oferta mundial dos produtores da região, reduzir investimentos em promoção e divulgação nos diferentes mercados e ultrapassar dificuldades como densos processos administrativos e logísticos, diversas línguas, recebimentos, entre outros.Com o objectivo de estudar a viabilidade de implementação desta plataforma, a Nersant vai realizar duas reuniões, na Lezíria e no Médio Tejo, onde vai ser apresentada a plataforma e onde os empresários podem fazer chegar a sua opinião sobre a viabilidade da mesma e facultar sugestões de melhoria.Na Lezíria, a sessão decorre em Santarém esta quinta-feira, 17 de Março, pelas 17h00, na Startup Santarém. No Médio Tejo, a Nersant reunirá com as empresas no dia 19 de Abril, pelas 19h00. As empresas interessadas em participar nestas reuniões, devem efectuar inscrição online no portal da associação, em www.nersant.pt (inscrições gratuitas). De referir que esta plataforma dirige-se a todas as empresas, independentemente da sua dimensão, competências de gestão, capacidade de investimento ou experiência internacional.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo