Economia | 01-04-2017 10:02

Águas do Ribatejo com resultado positivo de 1,6 milhões em 2016

Empresa intermunicipal aponta o combate às perdas de água como uma das suas prioridades.

A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo terminou o ano de 2016 com um resultado positivo de um milhão e 600 mil euros. Segundo nota de imprensa da empresa, o volume de negócios no ano passado subiu para 15.472.353 euros, registando um crescimento ligeiramente superior a 1% relativamente a 2015.

“Este aumento ficou a dever-se, essencialmente, ao maior volume de água residual facturada com a entrada em funcionamento de novos sistemas e o prolongamento das redes de saneamento básico”, explica a Águas do Ribatejo.

O Relatório de Gestão e Contas foi aprovado por unanimidade em assembleia geral realizada no dia 30 de Março onde participaram representantes dos sete municípios accionistas. O presidente do conselho de administração da Águas do Ribatejo, Francisco Oliveira, congratula-se com os resultados positivos e diz que os mesmos serão canalizados para investimentos nos sistemas de água e saneamento básico.

Outra prioridade passa pelo combate às perdas de água com o objectivo de reduzir esse valor para 20% até 2020. Em 2009 as perdas eram superiores a 50% e já foram reduzidas para 33,6%. “Ainda temos muito por fazer nesta área, mantemos a meta traçada e estamos a trabalhar para a atingir”, refere Francisco Oliveira, também presidente da Câmara de Coruche

Mais Notícias

    A carregar...
    Caipirinhas para todos os gostos
    Foto do Dia
    As caipirinhas são a aposta há oito anos da van food “Caipi Joca’s”, de Carlos Travessa, um dos presentes na 4.ª edição do Festival Reverence que decorreu nos dias 8 e 9 de Setembro, pela primeira vez, na Ribeira de Santarém. A residir em Salvaterra de Magos, o empreendedor de 38 anos começou o negócio juntamente a sua sócia, Josélia Godinho, de 33 anos, depois de ter tido muito sucesso com o seu bar exclusivo de caipirinhas nas festas de Salvaterra de Magos. O nome surgiu de uma junção de “Caipi” (caipirinhas), “Jo” (Josélia) e “Ca” (Carlos). Entre as várias caipirinhas à disposição, a que está no topo das preferências é a tradicional com cachaça.
    Foto do Dia | 22-09-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1317
    21-09-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1317
    20-09-2017
    Capa Médio Tejo