Economia | 02-06-2017 15:22

Mais de 500 reuniões de negócios no Encontro dos Negócios em Português

Mais de 500 reuniões de negócios no Encontro dos Negócios em Português

Nersant promoveu encontro entre empresários do Ribatejo e da diáspora.

No total, foram quinhentos os encontros entre empresários estrangeiros e ribatejanos no "Encontro dos Negócios em Português", organizado pela Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém, que decorreu em Santarém.

Maria Salomé Rafael, a presidente da direcção da Nersant, destaca a importância destes números já que "daqui saem muitos contactos e podem sair muitos negócios", acrescentando que esta iniciativa "surge da necessidade de tirar o maior partido possível desta cooperação entre países que partilham uma língua ou laços culturais". Em relação à região, Salomé Rafael defende que "o Ribatejo tem trabalhado a vertente empresarial e da inovação" e garante que a prova está no "aumento das exportações de 2,83% no Ribatejo, quando a média nacional ficou pelos 0,93%".

No encerramento da iniciativa, a presidente da Nersant garantiu ainda que "com apoio do Governo, podemos fazer mais e melhor", um desafio lançado ao Governo, representado pelo secretário de Estado da Internacionalização, Jorge Costa Oliveira.

O governante elogiou a iniciativa, que defende ser "um excelente exemplo, muito dinâmico" e, respondendo a Salomé Rafael, disse ainda que "as associações nos têm vindo a dizer que estão dispostas a procurar novos mercados e novas geografias como a China", havendo a necessidade "de trabalhar mais de perto com a diáspora e responder ao desejo de haver mais interligação entre os empresários que estão fora e as que estão em território nacional".

A cooperação entre estes dois mundos foi um dos temas abordados por Ricardo Santos Ferreira, chefe de redacção do Jornal Económico, que moderou uma mesa redonda com o tema "O potencial da língua portuguesa no mundo dos negócios". Um painel que contou com empresários e importadores do Canadá, Moçambique, Brasil, Reino Unido e Luxemburgo, que partilharam experiências e identificaram oportunidades e desafios em cada um dos mercados.

No encontro estiveram mais de 25 participantes estrangeiros, provenientes de 14 países (África do Sul, Alemanha, Angola, Brasil, Cabo Verde, Canadá, Costa do Marfim, França, Luxemburgo, Moçambique, Reino Unido, S. Tomé e Príncipe, Senegal e Suíça), em busca de parceiros de negócio/fornecedores na região em diversas áreas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo