Economia | 30-01-2018 07:02

NERSANT entrega certificados a participantes em curso de soldadura

NERSANT entrega certificados a participantes em curso de soldadura
Foto NERSANT

A formação decorreu na Startup Santarém com a participação de dez empresas da região.

Numa parceria com o ISQ - Instituto de Soldadura e Qualidade, a NERSANT realizou na Startup Santarém o curso de Especialização EWF para Coordenação de Soldadura para a EN 1090 Nível Standard (WC-S) e Nível Básico (WC-B), que permite o acesso ao Diploma Europeu de Coordenação de Soldadura para a Classe de Execução 2.

Após a conclusão deste curso, inédito na região e que a NERSANT conseguiu trazer para a região graças à parceria com o ISQ (Instituto de Soldadura e Qualidade), a associação reuniu na Startup Santarém os formandos que completaram o curso, a fim de lhes entregar o diploma de participação no mesmo, o que foi feito pelo presidente da Comissão Executiva da NERSANT, António Campos.

Na sessão, o responsável executivo da NERSANT explicou que o facto de este curso se ter realizado na região "foi o desafio lançado por um empresário, que nos fez chegar a sua necessidade e a dificuldade de frequentar o mesmo em Lisboa e Porto, onde de resto se têm realizado este tipo de formações", explicou, o que demonstra que a associação "está sempre receptiva a ouvir as empresas e a fazer de tudo para responder às suas necessidades".

De referir que este é um curso destinado a profissionais da área de metalomecânica que fabricam estruturas metálicas em aço e que não têm evidências formais de qualificações profissionais que cumpram o que está definido na norma EN 1090-2 para a Classe de Execução EXC 2 em termos de Coordenadores de Soldadura.

Com esta formação, os formandos estão agora aptos a assumir funções de quadros técnicos especializados nas áreas de coordenação e acompanhamento do processo de fabricação soldada, bem como a especificar e preparar os planos de inspeção e ensaio, e as qualificações de procedimentos de soldadura e de soldador. A formação permite ainda a habilitação para acções de controlo da implementação do plano de produção, da subcontratação, dos registos de qualidade e para a implementação das boas regras de fabrico que permitem maximizar a produtividade e minimizar as reparações.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo