Economia | 22-05-2018 15:23

Governo apoia quinze projectos turísticos no Ribatejo e Alentejo

Governo apoia quinze projectos turísticos no Ribatejo e Alentejo
Foto DR

Secretária de Estado do Turismo assinou contratos de financiamento com promotores.

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, assinou na segunda-feira, 21 de Maio, no Alentejo, os contratos de financiamento aprovados no âmbito do Programa Valorizar – Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior. Os projectos de investimento aprovados – num total de quinze – abrangem as temáticas do enoturismo, turismo de natureza e cycling, implicando um investimento global superior a 2,3 milhões de euros, para uma comparticipação financeira pública de 1,7 milhões de euros.

A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR) refere, em nota de imprensa, que estas iniciativas, “para além da vital importância para as entidades beneficiárias, são reveladoras do empenho e dinâmica dos agentes do território no sentido de afirmar, cada vez mais, o Alentejo e o Ribatejo como destinos turísticos de excelência”. No âmbito do Enoturismo, foram aprovados um projecto da Ervideira – que contempla a ampliação da adega com a construção de um “Pavilhão de Enoturismo”, destinado a provas e comercialização de vinhos – e outro da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, que visa a criação de um Centro de Dinamização e Promoção dos Vinhos do Alentejo, em Évora.

No Turismo de Natureza foram aprovados dois projectos: um é resultado da parceria entre o município de Beja e a EDIA e outro apenas da EDIA. O primeiro consiste na criação de um parque fluvial, baseado na albufeira de Cinco Reis, e resultante do empreendimento de fins múltiplos de Alqueva. O projecto que contempla a construção de abrigos para observação da avifauna, entre outras valências, potencia ainda o desenvolvimento de programas de visitação assentes na interpretação do património arqueológico e etnográfico e na valorização das potencialidades agroalimentares. O segundo projecto referido baseia-se na estruturação dos recursos e equipamentos da EDIA de forma integrada, assente nas dinâmicas turísticas associadas à água, natureza e cultura.

Na área do cycling, o projecto a ser apoiado abrange oito concelho do Alentejo (Marvão, Castelo de Vide, Portalegre, Arronches, Borba, Redondo, Almodôvar e Ourique) e dois do Ribatejo (Coruche e Chamusca). O objectivo é criar e dinamizar uma Rede Integrada de Centros BTT e Cycling, que é promovido pela ERTAR. Este projecto visa estrutura o produto do território imprimindo condições para aumentar a oferta de percursos/rotas devidamente homologadas e sinalizadas e, consequentemente, oferecer aos utilizadores a oportunidade de conhecer os vastos recursos naturais, culturais e etnográficos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo