Economia | 14-09-2018 19:44

Restaurantes da Golegã recebem certificação

Restaurantes da Golegã recebem certificação

Segundo Ceia da Silva a Golegã é o segundo concelho do Ribatejo com maior número de restaurantes certificados pela Certis.

Cinco restaurantes da Golegã receberam esta sexta-feira, 14 de Setembro, os diplomas com certificação de restauração entregues pelo presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Ceia da Silva, e pelo presidente do município, Veiga Maltez. Os restaurantes agora certificados são “O Barrigas”, o “Lusitanus”, o “Café Central”, o “Rédea Curta” e “O Peso” (Pombalinho).

Segundo Veiga Maltez estas distinções são um sinal de que se está a trabalhar bem no município.

Ceia da Silva saudou o presidente e amigo, Veiga Maltez, por ter reunido no salão nobre, além dos representantes dos restaurantes distinguidos, também os técnicos da câmara, que, segundo ele, são os principais promotores turísticos de uma região.

O processo de certificação resultou de um protocolo estabelecido no ano passado entre o Turismo do Alentejo e Ribatejo, Câmara de Santarém, Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo e Confraria Gastronómica do Ribatejo e visa a elaboração da carta gastronómica da região, a certificação de restaurantes e a edição de um guia da restauração certificada.

Segundo Ceia da Silva a Golegã é o segundo concelho do Ribatejo com maior número de restaurantes certificados pela Certis, o que é um indicador da grande qualidade dos estabelecimentos da região. Esta certificação vai dar origem a um guia de restaurantes certificados do Ribatejo que será distribuído em breve na FNAC e na Bertrand.

Novos projectos turísticos para o Ribatejo passam pela Golegã

O presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo revelou que há um conjunto de projectos em desenvolvimento para o Ribatejo que envolvem directamente a Golegã, como os Caminhos de Santiago, a Sul do Tejo, um projecto total de mais de 800 km, devidamente sinalizados até Março de 2019, que passará pela Golegã e que vai trazer um novo dinamismo para a restauração e para o alojamento. Há ainda em curso uma rede de percursos pedestres do Ribatejo, que inclui esta zona, assim como uma Rota de Cycling, com 1500 km cicláveis, que também passará pela Golegã.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo