Economia | 05-12-2018 15:00

Zona de Desenvolvimento Económico de Alcanede vai ser requalificada

Candidatura do município de Santarém a fundos comunitários foi aprovada pelo Alentejo 2020.

A candidatura a fundos comunitários feita pela Câmara de Santarém com vista à requalificação da Zona de Desenvolvimento Económico de Alcanede foi aprovada pelo Alentejo 2020, entidade gestora dos fundos da União Europeia para a sub-região da Lezíria do Tejo. O projecto tem um valor de 987.281 euros, estando garantida comparticipação europeia no montante de 839.189 euros.

A área de intervenção tem cerca de 56,5 hectares e o projecto prevê disponibilizar às empresas redes de infraestruturas essenciais ao desenvolvimento da sua actividade, nomeadamente ao nível das acessibilidades, electricidade, TIC, energia, ambiente/ resíduos, entre outros. Perspectiva-se ainda a criação de equipamentos e serviços de apoio técnico e administrativo ao desenvolvimento empresarial.

Segundo o município escalabitano, a requalificação Zona de Desenvolvimento Económico de Alcanede “permitirá ao conjunto de empresas que já se encontram instaladas, ver melhoradas as suas condições de funcionamento e permitir novos investimentos e ampliação dos existentes”.

Na reunião do executivo camarário desta segunda-feira, 3 de Dezembro, o presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, e o vereador Jorge Rodrigues, residente naquela freguesia do norte do concelho, congratularam-se com a aprovação da candidatura.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo