Educação | 21-02-2008 07:45

Vereadora critica incoerências da carta educativa de Alcanena

A vereadora do PSD da Câmara de Alcanena, Ana Claúdia Coelho, mostra-se preocupada com as incoerências existentes na carta educativa do concelho, dizendo na reunião de segunda-feira que o documento está mal redigido e cheio de gralhas. “Os números nas tabelas não fazem sentido, existem textos repetidos e há uma fraca contextualização” refere a vereadora, solicitando ao presidente da câmara que nomeie um conselho para rectificar o documento sob consequência da mesma ser alvo de más interpretações e ‘chumbada’ por parte da oposição na assembleia municipal.Apesar dos prazos apertados, o presidente da Câmara de Alcanena, Luís Azevedo (ICA), convocou uma reunião com a presença de um membro de cada força partidária, que se reunirá numa sessão extraordinária no próximo dia 18 para ultrapassar as falhas no documento.

Mais Notícias

    A carregar...
    Caipirinhas para todos os gostos
    Foto do Dia
    As caipirinhas são a aposta há oito anos da van food “Caipi Joca’s”, de Carlos Travessa, um dos presentes na 4.ª edição do Festival Reverence que decorreu nos dias 8 e 9 de Setembro, pela primeira vez, na Ribeira de Santarém. A residir em Salvaterra de Magos, o empreendedor de 38 anos começou o negócio juntamente a sua sócia, Josélia Godinho, de 33 anos, depois de ter tido muito sucesso com o seu bar exclusivo de caipirinhas nas festas de Salvaterra de Magos. O nome surgiu de uma junção de “Caipi” (caipirinhas), “Jo” (Josélia) e “Ca” (Carlos). Entre as várias caipirinhas à disposição, a que está no topo das preferências é a tradicional com cachaça.
    Foto do Dia | 22-09-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1317
    21-09-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1317
    20-09-2017
    Capa Médio Tejo