Educação | 30-04-2008 14:01

Alunos querem alimentar biblioteca a energia solar

Cinco alunos finalistas da Escola Secundária Gago Coutinho, em Alverca, estão empenhados em suprir as necessidades energéticas da biblioteca da escola através da instalação de uma rede de painéis fotovoltaicos, dispositivos usados para converter energia solar em energia eléctrica. A ideia nasceu este ano lectivo, no âmbito da disciplina Área de Projecto, e visa ajudar a escola a poupar nos recursos energéticos libertando verbas para investimento noutras infra-estruturas que o grupo considera fundamental para a sua educação. Consciencializar a comunidade escolar e civil para a necessidade de apostar em energias alternativas, anulando a actual dependência de combustíveis fósseis como o petróleo, é outro dos pilares do projecto.Ana Roma, Ângelo Dias, Bruno Cadilha, Filipe Ferreira e Marta Silva constituem o “Projecto Solarium”e já sentiram na pele as dificuldades de conseguir financiamento privado para um projecto que poupa dinheiro a longo prazo mas implica um investimento inicial elevado. Da ronda que têm feito pelas empresas da região ainda não conseguiram nenhuma resposta positiva que os ajude a reunir os cerca de cem mil euros necessários para a implementação dos painéis. Notícia mais desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo