Educação | 27-05-2009 19:13

Alexandre Caldas preside ao Conselho Geral do Politécnico de Santarém

O Conselho Geral do Instituto Politécnico de Santarém (IPS) vai ser presidido pelo director-geral do Centro de Gestão da Rede Informática do Governo, Alexandre Caldas, disse fonte do IPS. Foram ainda convidados para integrar o Conselho Geral do IPS o coordenador da Unidade de Produção Animal do Instituto Nacional de Recursos Biológicos (antiga Estação Zootécnica Nacional), João Ramalho Ribeiro, os presidentes da Imprensa Nacional Casa da Moeda, Estêvão Pires de Moura, e do Comité Olímpico de Portugal, Vicente de Moura, o director fabril da Unicer Santarém, João Fonseca, e o actual director do Centro de Saúde de Tomar, António Gomes Branco.Alexandre Caldas, que por inerência de funções é também director da Entidade de Certificação Electrónica, é ainda investigador associado da Universidade de Oxford, no Internet Institute, e professor auxiliar convidado de Ciências e Tecnologias de Informação da Universidade Atlântica.Licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), Alexandre Caldas, que é irmão do presidente da Câmara do Cartaxo Paulo Caldas, é doutorado em Política Científica e Tecnológica no Reino Unido, tendo sido director-executivo do Pólo Tecnológico de Abrantes, Tagus Valley, entre 2002 e 2004.João Ramalho Ribeiro é licenciado em medicina veterinária, sendo doutorado pela Universidade de Aberdeen, na Escócia, com agregação na Faculdade de Medicina Veterinária, tendo sido, nomeadamente, presidente da Sociedade Portuguesa de Ciências Veterinárias e da Ordem dos Médicos Veterinários do Conselho Regional Sul.Estêvão Pires de Moura, licenciado em Economia, é doutorado em Organização e Gestão de Empresas pelo ISEG, tendo várias obras publicadas na área de Recursos Humanos e Gestão. António Gomes Branco, médico, foi presidente do Conselho de Administração da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e coordenador da sub-região de Saúde de Santarém.João Fonseca é licenciado em Engenharia Alimentar pela Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica do Porto, tendo sido director de produção e controlo da Unicer e mantendo colaboração com a Escola Superior Agrária de Santarém. Vicente de Moura foi cooptado para este órgão por ser uma "personalidade de reconhecido mérito, com conhecimentos e experiência relevantes".O Conselho Geral do IPS integra um total de 21 membros, cabendo a este órgão, que tem funções deliberativas, a eleição do próximo presidente do IPS. A actual presidente do IPS, Maria de Lourdes Asseiro, não anunciou ainda se tenciona ou não recandidatar-se ao cargo. O IPS integra as Escolas Superiores Agrária, de Desporto de Rio Maior, de Educação, de Gestão e Tecnologia e de Saúde.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo