Educação | 08-03-2012 08:49

Escola Superior de Desporto celebrou 14.º aniversário fora das novas instalações

Escola Superior de Desporto celebrou 14.º aniversário fora das novas instalações
A Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM) celebrou quarta-feira, 7 de Março, o seu 14.º aniversário, mais de três meses depois da data oficial em que foi criada (5 de Dezembro), com a expectativa de que se pudesse mudar para as novas instalações da escola praticamente concluídas. Foi no Cineteatro de Rio Maior, que a directora da ESDRM, Rita Santos Rocha lamentou, perante o secretário de Estado da Juventude e Desporto, Alexandre Mestre, que a questão financeira que prende a verba que falta pagar ao empreiteiro esteja presa no Ministério das Finanças. “Apelo à resolução desta questão pelo Ministério das Finanças lembrando a elevada expectativa do custo-benefício de funcionamento da escola no mais moderno edifício da região pelos alunos, docentes e não docentes”, referiu Rita Santos Rocha, sem esquecer o apoio já concretizado pela Câmara de Rio Maior.Em causa está o desbloqueamento de 1,166 milhões de euros referente ao Programa de Investimentos de Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC), programa que se encontra “congelado” pelo ministério de Vítor Gaspar e que impede que a obra seja recepcionada provisoriamente. Alexandre Mestre ouviu os argumentos mas não deu grandes explicações, até por não ter a tutela do ensino superior. Salientou a importância da ESDRM, a elevada empregabilidade dos seus licenciados, como exemplo a seguir pelo país no ajustamento dos cursos às necessidades do mercado.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo