Educação | 13-12-2013 13:50

Politécnicos da região começam a preparar-se para a reorganização da rede de ensino superior

O Instituto Politécnico de Santarém (IPS) está a fazer um estudo de viabilidade a parcerias, fusões ou consórcios com outras instituições do ensino superior, no âmbito do processo de reorganização da rede iniciado pelo Ministério da Educação e Ciência. Jorge Justino, presidente do IPS, disse à agência Lusa que o estudo visa analisar quais os ganhos e a racionalização que a parceria com outra ou outras instituições poderá trazer, não havendo ainda qualquer decisão nesse sentido.Frisando que essa discussão está a decorrer internamente, Jorge Justino disse que, paralelamente, o IPS está a preparar o seu plano estratégico até 2020. O presidente do IPS apontou a situação singular de Santarém, que em termos territoriais se insere na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, mas, do ponto de vista dos financiamentos, integra a CCDR do Alentejo.Se os órgãos regionais de coordenação da rede e da oferta formativa do ensino superior público forem constituídos ao nível das NUT II (Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional), como tem sido sugerido, o IPS poderá integrar a CCDR Alentejo, tendo, aliás, participado numa reunião dessa estrutura com o secretário de Estado do Ensino Superior. Contudo, para Jorge Justino isso não inviabiliza a realização de parcerias com instituições de CCDR diferentes.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo