Educação | 09-07-2017 10:03

Academia Sénior da Casa de São Pedro de Alverca

Academia Sénior da Casa de São Pedro de Alverca
ENSINO

A Academia Sénior da Casa S. Pedro de Alverca nasceu do sonho da Direção e do contributo de uma das suas psicólogas, Drª Sandra Soares, no ano de 2013.

A Academia Sénior da Casa S. Pedro de Alverca nasceu do sonho da Direção e do contributo de uma das suas psicólogas, Drª Sandra Soares, no ano de 2013.


Foi registada como Academia Sénior CSP Alverca, sedeada nas instalações da instituição.


O 1º ano lectivo iniciou-se no dia 5 de Fevereiro de 2013 com 9 professores voluntários e 31 alunos.


Este projeto, aberto a todos os sócios, contribui para o desenvolvimento contínuo da população com mais de 50 anos, combate a solidão e a exclusão social, promovendo o envelhecimento activo com finalidades educativas, formativas, culturais, sociais, de lazer e bem envelhecer.
De acordo com o seu regulamento, promove a educação não formal de adultos, desenvolve e fortalece as relações interpessoais e sociais entre diferentes gerações, proporciona aos alunos a frequência de aulas e cursos onde os seus conhecimentos possam ser divulgados, valorizados e ampliados, promove a interação social das respostas sociais da CSP Alverca, através do intercâmbio clientes/alunos da Instituição, reavivando assim o dinamismo com a comunidade.


Contribui para a dignificação dos seus associados, defende e promove valores fundamentais do ser humano, especialmente na idade sénior da vida. Acolhemos todos com consideração, reconhecimento, respeito e damos a conhecer a nossa atividade interna, pedindo-lhes que participem, também, nos momentos importantes da instituição. De ano para ano, o número de alunos e professores tem aumentado. Este ano lectivo, 2016/2017, frequentaram a Academia Sénior 57 alunos, assíduos, com uma média de idade de 68 anos, sendo 50 do sexo feminino e 7 do sexo masculino, notando-se que na sua maioria alunos são alunos casados e viúvos.


A apoiá-los tivemos a colaboração de 9 professores voluntários, que ministraram 11 disciplinas distintas, divididas em áreas como:
• Expressão Corporal - Yoga do Riso;
• Expressão Plástica - Lavoures em lã; Pintura em Tecido; Bordados Tradicionais; Artes Plásticas;
• Ciências Sociais e Humanas - Cognição e Envelhecimento; Envelhecimento Positivo Bem-Sucedido; Inglês; Aldeias Históricas de Portugal; Miradouros de Lisboa;
• Informática;
Tem sido uma experiência extremamente rica, que queremos continuar a oferecer a todos os sócios, deixando uma palavra de incentivo a toda a comunidade e um grande agradecimento a todos os professores que têm feito um excelente trabalho. Para todos os que colaboraram neste procjeto o nosso Bem Hajam.

Mais Notícias

    A carregar...
    Caipirinhas para todos os gostos
    Foto do Dia
    As caipirinhas são a aposta há oito anos da van food “Caipi Joca’s”, de Carlos Travessa, um dos presentes na 4.ª edição do Festival Reverence que decorreu nos dias 8 e 9 de Setembro, pela primeira vez, na Ribeira de Santarém. A residir em Salvaterra de Magos, o empreendedor de 38 anos começou o negócio juntamente a sua sócia, Josélia Godinho, de 33 anos, depois de ter tido muito sucesso com o seu bar exclusivo de caipirinhas nas festas de Salvaterra de Magos. O nome surgiu de uma junção de “Caipi” (caipirinhas), “Jo” (Josélia) e “Ca” (Carlos). Entre as várias caipirinhas à disposição, a que está no topo das preferências é a tradicional com cachaça.
    Foto do Dia | 22-09-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1317
    21-09-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1317
    20-09-2017
    Capa Médio Tejo