Educação | 26-07-2018 17:30

Há cursos com média de ingresso negativa no Politécnico de Santarém

Há cursos com média de ingresso negativa no Politécnico de Santarém

Segundo dados da Direcção-Geral do Ensino Superior.

Na tabela acima estão mencionados os cursos dos politécnicos de Santarém, Tomar, Castelo Branco e Leiria, com as médias mais altas e as mais baixas, tendo por base a nota do último colocado na primeira fase do concurso de ingresso ao ensino superior do ano passado, assim como o número de vagas disponíveis para esses cursos em 2018.

Com a média de entrada mais baixa (95 pontos numa escala de 1 a 200) surge o curso de Desporto e Actividade Física da Escola Superior de Educação de Castelo Branco, seguido pelo curso de Secretariado da mesma Escola (97) ex aequo com o curso pós-laboral de Gestão de Empresas, da Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém. No extremo oposto (com 155,6), está o curso de Design Gráfico e Multimédia da Escola Superior de Artes e Design do Instituto Politécnico de Leiria.

A decisão do Ministério da Ciência e do Ensino Superior de reduzir as vagas oferecidas nas universidades e politécnicos de Lisboa e do Porto em 5%, permitindo um aumento da mesma ordem nas restantes regiões do país, veio permitir um incremento das vagas na região. Das 50.852 vagas disponíveis nas universidades e politécnicos a nível nacional, 4.173 pertencem aos politécnicos de Santarém, Tomar, Castelo Branco e Leiria. São mais 253 vagas do que as disponíveis em 2017, segundo dados da Direcção-Geral do Ensino Superior.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo