Empresa da Semana | 21-02-2008 10:37

Farmácia Abílio Guerra no Cartaxo

Um espaço amplo, moderno e atractivo são apenas as primeiras impressões de quem, por circunstância ou mesmo por necessidade entra na Farmácia Abílio Guerra, no Cartaxo, para ser atendido. Ao seu dispor irá encontrar uma equipa coesa e qualificada naquilo que de melhor faz que é “estar cem por cento com o utente”, aproveitando as palavras da directora e proprietária, Dr.ª Paula Silva.Com sete balcões de atendimento, a Farmácia Abílio Guerra consegue dar finalmente a resposta adequada aos utentes com o novo sistema robot, a funcionar desde que foi inaugurado, em Novembro de 2006, no novo espaço na rua S. Sebastião, n.º 1, junto à Igreja. Este sistema robotizado, que consiste na recepção, arrumação e selecção de todos os medicamentos mediante um robot ligado ao terminal informático, veio, para além de inovar, possibilitar um acompanhamento ao utente desde o primeiro ao último instante em que é atendido. “A ideia é que as pessoas nos vejam como um segundo consultório. Deste modo podemos estar sempre com o utente sem a necessidade de ir buscar o medicamento à prateleira ou armazém, facultando-lhe toda a informação, seja ela requerida ou não” refere a directora, formada em Farmácia na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, e para quem o bem-estar e confiança dos seus utentes são o principal. Ao todo trabalham consigo mais dois farmacêuticos e quatro técnicos de Farmácia. A realizar o Registo Prático (formação dada na própria Farmácia) estão mais duas pessoas, o que irá aumentar ainda mais a equipa.A funcionar todos os dias das 9h00 às 20h00 e respectivo serviço de 24h00 quando de serviço, a Farmácia Abílio Guerra dispõe para além dos medicamentos, sejam eles sujeitos a receita médica ou não, ainda uma vasta gama de produtos nas áreas da dermocosmética, puericultura, podologia, alimentação materno-infantil, produtos para acamados, medicamentos manipulados e alguns produtos de homeopatia, fitoterapia e ortopedia. Para além disso, pode ainda realizar vários rastreios no local ao colesterol, glicemia, trigliceridos, PSA, ácido úrico, avaliação da pressão arterial e teste gravidez. A directora procura ainda trazer frequentemente, (mediante convite), laboratórios, à sua Farmácia para a realização de rastreios diversos e do interesse da saúde pública.Com instalações preparadas para a garantia dos serviços sob a máxima privacidade e eficácia, a Farmácia Abílio Guerra torna-se num local cada vez mais frequentado, onde estacionar é fácil (e entreter-se também, que o digam os mais novos que por ali passam e encontram um espaço infantil à sua medida.)Com as portas abertas desde finais do século XIX pela mão do conceituado e ilustre químico, Abílio Augusto de Albergaria Guerra, a Farmácia Abílio Guerra é já parte da história da cidade ribatejana. Os vários proprietários que foram gerindo a casa mantiveram sempre o nome do fundador em forma de homenagem eterna.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo