Empresa da Semana | 29-12-2010 11:02

Truxi é uma das casas comerciais mais antigas de Santarém

Truxi é uma das casas comerciais mais antigas de Santarém
A Truxi – Sociedade de Comércio Agro-Industrial, Lda, é uma das casas comerciais mais antigas da cidade de Santarém. Começou a sua actividade em 1966 como Casa das Borrachas, nome pelo qual ainda é conhecida. Fernando Castelo, 77 anos, é um dos sócios fundadores da empresa. Apesar de já estar reformado continua a ajudar na empresa. O filho trabalha consigo e será o seu sucessor. “Quero sair quando a empresa estiver estabilizada, os tempos não estão para facilitismos”, diz.A empresa, situada na rua Teixeira Guedes, no centro histórico scalabitano, tem outra loja na Zona Industrial, onde funciona o departamento de máquinas e ferramentas. Este foi um projecto em que decidiram apostar alguns anos depois de terem aberto a casa das borrachas. A Truxi vende todo o tipo de borrachas para automóveis, ferramentas e máquinas para oficinas, que são os seus principais clientes. Após 44 anos à frente da empresa, Fernando Castelo faz um balanço bastante positivo da sua actividade comercial. Lamenta apenas os últimos anos em que a crise afectou o negócio. “Quando comecei o ramo das borrachas era um negócio em expansão e correu muito bem. Depois decidimos alargar a área empresarial à parte das máquinas, que também teve uma boa aceitação por parte dos clientes. Só tenho pena que tudo o que foi conquistado ao longo de 40 anos esteja a ser levado pela crise. Os últimos quatro anos foram complicados”, lamenta.Fernando Castelo considera que 2009 foi o pior ano de todos. Em 2010 conseguiram recuperar o negócio, mas ainda está longe dos bons tempos de outros anos. Apesar da crise, o empresário não pensa em fechar portas. “Havemos de conseguir dar a volta por cima e, nessa altura, deixo a empresa e reformo-me a tempo inteiro”, confessa a O MIRANTE.A Truxi trabalha em todo o distrito de Santarém e tem ainda um vendedor que faz as zonas do Alentejo e Algarve. As dificuldades económicas que a maioria dos empresários atravessa faz com que também este estabelecimento comercial tenha que ‘facilitar’ nos pagamentos faseados, para dar possibilidade aos clientes de pagarem.O estabelecimento comercial funciona de segunda a sexta-feira das 09h00 às 12h30 é das 14h30 às 19h00.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo