Empresa da Semana | 16-01-2013 16:11

ArtEprumo realiza sonhos dos clientes na área do restauro e construção de casas

ArtEprumo realiza sonhos dos clientes na área do restauro e construção de casas

Empresa abriu portas há cerca de quatro anos em Almeirim e tem-se adaptado aos novos tempos

Se tem uma casa antiga que pretende restaurar ou um terreno onde pretende construir uma moradia de raiz pode contactar a empresa artEprumo. Situada na Rua Dr. Óscar da Costa Neves, junto ao Mercado Municipal de Almeirim. O gabinete de arquitectura e construção apenas quer que lhe explique quais são os sonhos para os poder concretizar.A artEprumo nasceu em Março de 2009 da conversa entre três amigos, Gonçalo Tomaz, Nelson Rato e Sara Macedo, que têm em comum a paixão pela reabilitação urbana. O primeiro projecto da artEprumo foi a compra e restauro de uma casa antiga em Almeirim. A crise imobiliária interferiu no desenvolvimento da empresa logo naquela altura. Atrasou a venda da moradia. O que só foi concretizado no final de Dezembro de 2011, ou seja, durante 2 anos a empresa trabalhou para pagar despesas. No início de 2012, a empresa foi reformulada.No início do ano passado, Nelson Rato e Sara Macedo emigraram para Moçambique para procurar um futuro melhor, tendo ficado Gonçalo Tomaz à frente da empresa. Consigo trabalha uma jovem estagiária que o ajuda e aprende a realidade dos processos. O empresário, de 33 anos, conta que o arranque da empresa foi muito bonito e as expectativas eram altas mas que houve que fazer uma adaptação. O negócio não tem corrido mal apesar de tudo. Rigor, empenho, dedicação, simpatia e qualidade no serviço prestado aos clientes são as principais credenciais da ArtEprumo.Um dos clientes que ArtEprumo tem nesta altura é uma família Portuguesa que está na Holanda há vários anos e quer voltar dentro de algum tempo para Portugaltendo contactado via email para projetarem a sua moradia. “Isto demonstra que o nosso trabalho não se fica apenas por Almeirim e arredores, recentemente fizemos um estudo para um edifício de 4 apartamentos para Berger, na Noruega”, explica o jovem empresário a O MIRANTE. As reuniões entre arquitecto e cliente são feitas via skype (sistema de vídeo conferência onde ambas as pessoas podem conversar gratuitamente através de uma câmara). No dia em que O MIRANTE esteve com Gonçalo Tomaz, o empresário estava à espera que o cliente o contactasse para que pudessem analisar umas alterações feitas no projecto.A artEprumo trata de toda a burocracia inerente a quem pretende restaurar ou construir uma casa ou ainda a legalizar espaços comerciais. Desenvolvem estudo para perceber se é viável recuperar a casa ou se é mais vantajoso construir de novo, chegam a fazer maquetes para os clientes terem uma maior noção de como vai ficar o seu projeto. Também fazem o acompanhamento da obra (fiscalização de obra). O dia-a-dia de Gonçalo Tomaz divide-se entre a visita às obras, reuniões nas câmaras municipais e o escritório. O espaço está aberto das 9h00 às 18h30 mas tanto o empresário como a estagiária, Ana Rita Andrade, estão disponíveis para atender os clientes a qualquer hora. “Um dos grandes objetivos desta empresa é conseguir demonstrar às pessoas que conseguimos fazer de pequenos espaços/terrenos um local para habitar ou viver, por exemplo, temos um terreno com cerca de 60m2 para o qual temos um projeto de habitação interessantíssimo, chamamos de LOFT, um conceito de openspace. Actualmente as pessoas têm que pensar em viver com o máximo de conforto e condições não sendo necessário grandes áreas", afirma. Tudo dependerá como correr o negócio em 2013. “Se correr tudo bem gostávamos de avançar com o projecto do LOFT em 2014”, conclui.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo