Empresa da Semana | 13-11-2013 14:59

Armindo Felício Reguinga Lidónio é feliz porque faz aquilo que gosta de fazer

Armindo Felício Reguinga Lidónio é feliz porque faz aquilo que gosta de fazer
A empresa tem o nome do gerente, Armindo Felício Reguinga Lidónio. Foi criada a 15 de Março de 1988 em Fazendas de Almeirim e faz trabalhos na área da construção civil. Edifícios de raiz, remodelações e outros pequenos trabalhos. Também faz reparações em telhados com estrutura metálica. "Trata-se de uma inovação", explica Armindo Lidónio. "Em casas mais antigas não é preciso fazer reforço na sua estrutura pois os materiais aplicados são muito leves. E ainda há poucos construtores a fazer este tipo de trabalho".O avô também era construtor. O filho também está ligado à construção. É algo que está no ADN da família. "Passo diariamente junto de edifícios feitos por mim, o que me dá um prazer enorme e formei algumas pessoas nesta área que hoje exercem esta profissão", diz com orgulho Armindo Lidónio.Há pessoas, sobretudo das grandes cidades, a procurar o campo, o sossego, o ar puro e o canto dos passarinhos, que ainda se consegue encontrar no Ribatejo e essas pessoas também mandam fazer aqui as suas vivendas.Quais são os maiores entraves na conclusão do negócio?O maior entrave é sem dúvida o não que o banco dá a quem pede empréstimo e também não nos podemos esquecer do desemprego que temos no nosso país.As pessoas preferem comprar casa já feita ou construir?Os bancos estão mais renitentes em emprestar dinheiro a quem quer ter a sua própria casa mas continua-se a construir. Para além dos jovens que querem ter casa própria continuam a chegar ao Ribatejo pessoas que saem das grandes cidades em busca de sossego. Algumas já têm ideias para um determinado tipo de vivenda. Outras aceitam sugestões."Regra geral preferem mandar construir, assim podem fazer ao seu gosto. Se bem que nós também temos construções já prontas para entrega que foram projectadas e construídas de forma a agradar o mais possível ao cliente, que poderá ser desconhecido, mas como nós sabemos o que procuram na zona onde estamos inseridos, tentamos ir de encontro às suas preferências. Aconteceu já mais que uma vez, mostrar como exemplo uma casa já construída e a pessoa optar por comprar logo em vez de construir", explica o dono da Armindo Felício Reguinga Lidónio.O segredo do sucesso da empresa passa por uma equipa bastante coesa, por uma liderança forte e exigente e pelo trabalho feito com gosto. A qualidade e a seriedade são outros atributos. O resto depende da conjuntura. Para já há trabalho para toda a equipa. Se voltar a ser favorável Armindo Lidónio vai ter que contratar mais gente.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo