Empresa da Semana | 18-12-2013 17:19

Funerária Povoense de Luís Duarte "Becas" em quatro localidades diferentes

A Agência Funerária Povoense foi fundada em 2004 por Luís Duarte "Becas". Depois da Póvoa de Santa Iria, abriu uma outra em Sobral de Monte Agraço e, há cerca de um mês, outra na Merceana, para além de novas instalações no Carregado. “Estudo o mercado e quando me preparo para um desafio tenho confiança e convicção”, afirma Luís Duarte "Becas" de 54 anos. A empresa é bastante completa e possui serviços a nível de funerais, catering durante o velório, embelezamento de cadáveres, transladações e venda de jazigos e artigos religiosos.É composta por sete agentes funerários, quatro elementos femininos no atendimento e ainda oito elementos que trabalham a tempo parcial e que ajudam conforme as necessidades de cada loja. O pessoal é extremamente qualificado para lidar com os clientes no momento mais difícil das suas vidas. “Todos nós tivemos formações e aprendemos o que é a psicologia do luto”, explica Luís "Becas", acrescentando que há que ter extrema sensibilidade na abordagem que se tem com os familiares.A honestidade prevalece sobre o lucro e é um dos princípios da empresa. O proprietário esclarece que o mais importante é conseguir realizar um bom trabalho da forma mais séria possível. “Há pouco tempo apareceu-nos uma família que queria transladar um corpo para França. Nós respondemos que o mais viável financeiramente seria fazer primeiro a cremação e depois eles próprios transportariam as cinzas”, conta Luís "Becas", que sublinha que a última palavra é sempre das famílias.A morte não se anuncia nem tem hora marcada, por isso a empresa aposta na mais moderna tecnologia para os clientes entrarem em contacto com a agência quando esta fecha à noite. As campainhas de cada loja estão directamente ligadas aos telemóveis dos responsáveis e permitem que o contacto seja feito no momento. “Em alturas de aflição há pessoas que vêm directamente à agência sem saber como vão fazer a ligação”, aponta Luís "Becas". A empresa está activa 24 horas durante 365 dias.O agente funerário sabe que os tempos são difíceis e que a maior parte das pessoas são apanhadas desprevenidas pela morte de alguém próximo. Por isso, a empresa possibilita o pagamento em várias prestações, sem juros. Luís ou “Becas”, como é conhecido, trabalha em agências funerárias desde os seus 14 anos. O pai também estava envolvido no negócio funerário mas foi o residente em Sobral de Monte Agraço que criou a sua própria empresa. “Só sei fazer duas coisas na vida, funerais e cantar o fado”, diz quem até já tem registos discográficos. As lojas são no Carregado e está acessível através do 263853758, na Póvoa de Santa Iria em 219 594 594, em Merceana em 263 769 020 e Sobral de Monte Agraço em 261 948 016.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo