Empresa da Semana | 05-11-2015 11:10

“Wash Station” é nome de lavandaria self-service em Santarém

“Wash Station” é nome de lavandaria self-service em Santarém
A empresa “Wash Station”, em Santarém, presta serviços na área da lavandaria self-service em dois locais da cidade. Na Avenida Bernardo Santareno, perto do Hospital de Santarém e do Café Flamingo e na Avenida D. Afonso Henriques, em frente à EDP. Nas duas lojas os clientes têm à sua disposição máquinas de lavar e de secar com capacidade para 8 e 19 quilos de roupa. Os ciclos de lavagem incluem pré-lavagem, higienizante, detergente e amaciador. A empresa presta ainda serviços de engomadaria na loja da Avenida Bernardo Santareno.Durante os tempos de lavagem e secagem, os clientes que optem por permanecer nas instalações podem utilizar do serviço wi-fi gratuito para aceder à internet, ler jornais ou ver televisão. Os espaços também têm música ambiente.Os dois espaços de lavandaria self-service funcionam todos os dias da semana em horário alargado. A Wash Station, situada na Av. Bernardo Santareno, funciona das 9h às 21h enquanto e a da Av. D. Afonso Henriques, em frente à EDP, das 8h às 22h.Mesmo que não esteja nenhum funcionário presente há a possibilidade recorrer ao nº de telemóvel afixado para esclarecer dúvidas ou solicitar a resolução de qualquer problema que possa ter surgido.Olivier Guarda, sócio gerente da empresa, sente que após o primeira utilização dos equipamentos da Wash Station, a maioria das pessoas volta. “Temos produtos de qualidade, os nossos preços são baixos e tudo é feito para maior comodidade de quem nos procura. Penso que são motivos suficientes para fidelizar clientes”, refere.Natural de França, mas a residir em Portugal desde criança, o empresário de 30 anos diz que o primeiro ano de actividade tem sido gratificante. Na altura em que, juntamente com o seu sócio, pensou num negócio, optou pela área da lavandaria self-service devido à pouca oferta existente e acha que tomou uma decisão acertada. “Do que me tenho apercebido, a população que conhece o serviço está satisfeita e aconselha os familiares e amigos a conhecerem os nossos espaços”.“Eu na altura estava a trabalhar fora de Portugal mas queria regressar. O meu sócio soube deste negócio através de um amigo e decidimos avançar. Num ápice estava de regresso e a começar a minha vida profissional numa nova área uma vez que eu sou da área de imobiliário/construção”, explica.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo