Entrevista | 23-10-2013 00:03

O produtor de televisão que se radicou na Golegã e tem projectos com grupo de teatro da Chamusca

O produtor de televisão que se radicou na Golegã e tem projectos com grupo de teatro da Chamusca
Alexandre Hachmeister divide o seu tempo entre as gravações das telenovelas feitas pela SP Televisão com estúdios em Vialonga e a sua casa em São Caetano na Golegã. O director de produção televisiva escolheu a vila para viver por influência da mulher que tem raízes no concelho e diz que esta é uma zona com gente muito especial. E a vila tem beneficiado com esta paixão pelo campo com gravações na Casa Museu Carlos Relvas e Quinta do Salvador, onde foram filmados episódios da telenovela "Sol de Inverno", da SIC. O director de produção que actualmente está a trabalhar na telenovela da RTP "Os Nossos Dias" não se limita a dormir na Golegã, onde está há dez anos, e já está envolvido com associações da zona. Actualmente está a trabalhar com Carlos Petisca, encenador do Grupo Dramático e Musical JNP da Chamusca, num projecto de ficção rural que procura sair da "prisão" das grandes metrópoles e da ficção industrial. Sem adiantar ainda grandes pormenores sobre a iniciativa diz que gosta "de projectos independentes onde a imaginação é muito fértil, onde há tempo para ser criativo e onde o produto resulta de um processo colectivo".De uma das coisas que destaca quando chegou à Golegã é o facto de ter sido "muito bem recebido" pelo ex-presidente da câmara, José Veiga Maltez.E sublinha que na terra consegue aliar a adrenalina da sua profissão com a qualidade de vida do campo. "Sou adepto da descentralização", comenta. * Entrevista completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo