uma parceria com o Jornal Expresso
28/03/2017
30 anos do jornal o Mirante
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
Entrevista | 11-03-2017 00:02
Escreveu livro sobre Jorge Jesus sem o conhecer
ENTREVISTA
O autor, natural de Tomar, é consultor e formador na área de informática.

Quando era mais novo, Luís Garcia escrevia imenso. Lembra-se do um dia em que o pai lhe ofereceu o livro "Constantino, guardador de vacas e de sonhos", de Alves Redol. Algures por essa altura nasceu uma vontade enorme de escrever.

E o escritor de Tomar já tem vários livros publicados de poesia, de contos, um romance. Em 2014 anos lançou-se na aventura de entrar no mundo do treinador de futebol Jorge Jesus e publicou "Não sou Eça de Queiroz - O mundo de Jorge Jesus", o seu livro mais motivacional, cujo título surge precisamente de uma afirmação do técnico, na época que treinava o Benfica.

Admite que "havia material para escrever uma comédia mas optou por um livro que fala de sonhos e competências e de um homem que sabe o que é começar por baixo, construir uma carreira passo a passo". Jorge Jesus começou a carreira como treinador na terceira divisão, em Portugal, passou por diversos clubes e os seus conhecimentos tácticos foram sempre elogiados.

"Chegar a um clube de topo demorou vinte anos, mas conseguiu. Hoje não há quem não o conheça, quem não critique a forma como trata a língua portuguesa, mas não tem pretensões de nos ensinar a escrever, veio para nos fazer, tal como ele, apaixonar pelo jogo da bola e nisso ele é um mestre", afirma Luís Garcia a O MIRANTE.

* Entrevista completa na edição semanal de O MIRANTE.

Comentários
Mais Notícias
    A carregar...
    Edição Semanal
    Edição nº 1291
    23-03-2017
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1291
    23-03-2017
    Capa Vale Tejo