Foto Galeria | 24-06-2018

A noite das oportunidades no Campo Pequeno

1 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Gonçalo Fernandes que confirmou a alternativa

2 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Verónica Cabaço

3 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Fábio Beijinho dos Amadores do Cartaxo

4 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

António Francisco Teixeira na volta triunfal com cavaleira e forcado

5 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Carlos Miguel "Parreirita Cigano"

6 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Pedro Silva dos Forcados de Coimbra

7 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Marcelo Mendes

8 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Gilberto Filipe

9 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Bernardo Campino e o Grupo de Forcados do Cartaxo

10 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Marco José

11 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Carlos Polme dos Forcados de Monsaraz

12 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

Ricardo Matos dos Forcados de Coimbra

13 / 13
A noite das oportunidades no Campo Pequeno

André Mendes dos Forcados de Monsaraz

Forcados Amadores do Cartaxo fizeram a diferença com duas pegas de grande nível

Actuaram na arena do Campo Pequeno, na passada noite de 21 de Junho, os ausentes dos grandes palcos da tauromaquia, numa corrida de verdadeira oportunidade, para lidarem e pegarem, um curro de toiros sérios, de uma ganadaria de prestígio e quão difícil, como é a de Veiga Teixeira. Triunfadores máximos, saíram desta função, além do ganadero, do cavaleiro do Livramento Marcelo Mendes e o Grupo de Forcados Amadores do Cartaxo.

Da longínqua Serra da Estrela, mais concretamente de Seia veio o cavaleiro Gonçalo Fernandes para abrir a corrida e confirmar a sua alternativa, numa mui conseguida actuação.

Marco José teve pela frente o mais manso dos irmãos de camada, que o lidou decorosamente.

Gilberto Filipe, o terceiro cavaleiro da terna, bom calção, levou a cabo uma lide movimentada e alegre.

Marcelo Mendes empolgou e empolgou-se, na lide do quarto da ordem, com destaque para a boa brega e as sortes em viagens frontais.

Carlos Miguel “Parreirita Cigano” esteve em noite pouco feliz, mesmo assim foi autor dos dois mais emocionantes ferros da noite.

A jovem Verónica Cabaço, cavaleira praticante, de início esteve irregular nos ferros compridos, subindo de tom na ferragem curta.

Quanto à forcadagem, houve boas e emocionantes pegas de caras, com maior destaque para o agrupamento Cartaxeiro, em duas pegas por intermédio de Bernardo Campino e Fábio Beijinho. Pelos Amadores de Coimbra pegaram Ricardo Matos e Pedro Silva e pelos Amadores de Monsaraz, Carlos Polme e André Mendes.

Dirigiu a corrida, com acerto, Manuel Gama.

Texto e fotos de Henrique de Carvalho Dias

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo